Pesquisar este blog

sábado, 24 de junho de 2017

Nunca fui entrevistado por instituto de pesquisa

Conheço pesquisas só de ouvi falar, das manchetes midiáticas.

Era assim na época em que as pesquisas apontavam a aprovação de Lula em 95%.

É assim agora, quando as pesquisas apontam a aprovação de Temer em 7%.

Nunca na vida (quase 50 anos) fui entrevistado por instituto de pesquisa.

A esquerda comuna se fortalece nas adversidades

Lula era só um presidente medíocre, à frente de um governo medíocre.

Aí veio o Mensalão. E o principal resultado do escândalo foi o surgimento do Super Lula, imbatível nas urnas, imbatível em popularidade, "melhor" presidente da história deste país.

Sem o Mensalão é possível que Lula não tivesse nem sido reeleito em 2006.

O que parecia ser a sua ruína acabou sendo seu super elixir.

Muda para 2015/2016, e a esquerda caminhava para sua sepultura. Ninguém aguentava mais tanta incompetência, roubalheira e soberba. O ápice foi a queda de Dilma.

Mas eis que ... a esquerda perdeu a vergonha. Se escancarou. Cobriu os muros das cidades com pichações de foices e martelos, de "morte ao imperialismo", de "viva a revolução". Artistas, intelectuais, juventude, empresários bilionários, Globo, Veja, todos entraram na onda, e o resultado aí está - em 2018 será eleito um esquerdista, provavelmente Lula. Voltarão ao poder nos braços do povo. Para transformar de vez o Brasil em Venezuela.

Neste ínterim, PGR e STF se colocaram fora e acima da lei. Prepararam o terreno para a tirania. Agora só falta a parte do povo, que é eleger o tirano.

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Aqui jaz

Coisas que desapareceram do noticiário policial:

- Petrolão;
- Delação de João Santana;
- Delação de Palocci;
- PT;
- Lula;
- Perícia na gravação do Joesley.

Obra da ditadura vermelha implantada por PGR / STF, com apoio da Globo e da Veja. Mas os homens de preto não implantaram a ditadura para governarem. Implantaram para entregar o poder para o verdadeiro chefe tão logo quanto possível.



quinta-feira, 22 de junho de 2017

Ditadura

Durante anos temi a ditadura bolivariana no Brasil, e acho que ela ainda virá.

Muitos dos passos dos desgovernos Lula/Dilma eram preparatórios do ambiente para implantar a ditadura. Mas cada passo desses era rebatido principalmente pela Veja, e por alguns jornalistas que preservaram sua independência.

Mas eis que de repente, numa canetada só, a dupla PGR - STF implantou a ditadura do judiciário no Brasil. Num só ato. E sem gritaria de resistência (exceção do Reinaldo). A Veja está engajadíssima.

O primeiro ato da nova ditadura foi transformar Joesley em herói nacional. Bem ao estilo soviético, os heróis nacionais são aqueles que servem ao regime.

Bandido com torcida

O recente caso de delação do maior bandido da história do Brasil trouxe uma novidade - o bandido com torcida.

Ficamos com muita raiva quando um assaltante leva a nossa carteira (já levaram a minha). Mas o maior bandido da história do Brasil roubou um pouco da carteira de cada brasileiro. Todos fomos indiretamente roubados. E o sujeito já é quase um ídolo pop.

Perdoado pelas instituições que deveriam puní-lo, leio nos comentários feitos nos blogs que sua torcida não vê nada de imoral nisto. E ficam com raiva de qualquer um que sugira que o maior bandido da história do Brasil deveria ser ... punido. É uma síndrome de Estocolmo em escala nacional. Provavelmente inédita no mundo.

O bandidaço está livre, leve, solto, e rico. E hoje é ele quem está dando as cartas na política nacional, contando seletivamente suas histórias. Daqui alguns meses seu melhor amigo estará de volta na cadeira de presidente da república. E o bandidaço seguirá multiplicando seu patrimônio às nossas custas. Se lá na frente a casa cair de novo, ele faz delação, fica livre, e recoloca o amigão na presidência.

O fato é que STF e PGR já deram um golpe. Um "soft coup", como se diz em inglês. A única forma de Temer enfrentar um golpe seria com outro. Chance disto acontecer? Nenhuma.


quarta-feira, 21 de junho de 2017

O pântano contra ataca

Assim como nos EUA, contra Trump, no Brasil o pântano também contra ataca.

Percebendo a possibilidade de aprovação da reforma previdenciária, e o fim das aposentadorias nababescas, o pântano reagiu. Aliado a empresários que ficaram sem a grana do BNDES, contra atacaram com tudo.

E o miserável, que se aposentará com um salário mínimo, se tanto, assiste às "denúncias" no Jornal Nacional e vibra.

Porquê a luta armada deu errado no Brasil

Lendo o livro O Cofre do Dr. Rui, de Tom Cardoso, fiquei sabendo que o papel de Dilma Russef (que já apresentava o "perfil de gerentona") era a organização logística do seu grupo terrorista. Finalmente entendi porquê a luta armada foi um fracasso no Brasil.

terça-feira, 20 de junho de 2017

Reforma trabalhista ainda tem chance

Eu tomei a notícia de rejeição numa comissão do senado como morte definitiva.

Da mesma forma o mercado de ações, que despencou no exato instante em que o texto foi derrotado.

Mas ainda irá a plenário, e, dizem governistas, a chance de aprovar é grande.

Reforma da previdência, contudo ...

Brasil, eterno espectador

Era maio, e tudo indicava que as reformas seriam aprovadas. Aí entra em ação a frente golpista (PGR - STF - Globo - Veja), e tudo ficou incerto.

Os mais otimistas ainda diziam - pelo menos a reforma trabalhista vai passar.

Não vai. Comissão do senado acaba de rejeitá-la.

Brasil seguirá sendo mero espectador do progresso.

Todos aqueles que dependem da pobreza para sobreviver (mesmo que politicamente) vibraram.

Operação destrói Temer

Acredito que perante boa parte da classe média a operação "Destrói Temer", promovida pela frente Golpista PGR - STF - Globo - Veja, já caiu um pouco no ridículo. A frente golpista forçou demais a mão.

Então, por qual razão a operação segue?

Eu diria que pelas seguintes razões:

1. O congresso nacional é um ajuntamento de covardes. Morrem de medo de jornalistas. Então a frente golpista não abandonou a hipótese de um eventual impeachment de Temer;

2. Mesmo que o impeachment não ocorra, a frente golpista precisa colar em Temer, PMDB, PSDB e aliados o selo de corruptos na cabeça do povão;

3. Mesmo que Temer siga no governo, é preciso impedí-lo de de governar, afinal a frente golpista não permitirá que o Brasil tenha a chance de acertar seu rumo;

4. Atingido o objetivo 2, sobrará para a eleição de 2018 um único puro - Lula, aquele que não é mais nem notícia de rodapé no noticiário sobre a corrupção.

Conclusão - mesmo que a frente golpista não consiga derrubar Temer, ela atingirá seu objetivo estratégico em outubro de 2018, com a eleição de Lula. E em janeiro de 2019 Lula mandará abrir novamente as torneiras do BNDES para os empresários companheiros. Enquanto os desdentados celebrarão nas ruas a sua posse.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

13 anos de transe

Descobri neste fim de semana que passei 13 anos em transe.

Acreditei que durante o período compreendido entre 2003 e 2016 quem dava as cartas na política brasileira era o PT. E sempre pensei que seu líder supremo era Lula, devidamente assessorado por Dirceu.

Descubro agora, a partir do "noticiário" das Organizações Globo, que o chefe real era Temer. Devidamente assessorado por Aécio. Lula só parecia ser o líder. Para consumo público.

domingo, 18 de junho de 2017

Agradecimento público à Clinipam

Minha avó faleceu na manhã de ontem.
Seu plano de saúde era Clinipam.
Numa época em que a prestação de serviços em geral se transformou em mera pilantragem marketeira, onde os prestadores vendem sonho e entregam pesadelo, é surpreendente encontrar um prestador de serviços digno.
Mas é o caso da Clinipam. Nos últimos anos minha avó passou por várias internações, cirurgias, uma infinidade de exames e consultas. A Clinipam sempre respondeu prontamente. Nunca recusou nada, nunca enrolou. Esteve sempre junto, apoiando. O atendimento em seus hospitais próprios sempre foi impecável e imediato, e seus funcionários sempre atenciosos. A Clinipam fez todo o possível para preservar a vida da minha avó. Infelizmente, os problemas da idade se acumularam, e o fim chegou. Mas deixo aqui este agradecimento público a toda equipe da Clinipam.

Entrega a Globo, Temer!

Nossa recuperação da economia, que Temer estava conduzindo, já foi para o espaço.

O que teremos que decidir agora é se aceitaremos, ou não, nos submeter a uma ditadura dos três irmãos Marinho.

Eu não aceito.

Fica Temer!

Convoque rede nacional e narre ao Brasil a podridão representada pelas Organizações Globo. Faça na TV a sua delação. De preferência antes do fantástico.

sábado, 17 de junho de 2017

Entre Temer, Globo, Joesley e Veja

Sou Temer. Sem pestanejar.

Joesley é o maior beneficiário do governo do PT.

A Globo evacua seu lixo sobre a população brasileira há 5 décadas.

E a Veja pertence a traidores da memória do pai.

sexta-feira, 16 de junho de 2017

O maior erro de Temer

O maior erro de Temer foi ousar tentar colocar o Brasil no rumo certo.

E isto é imperdoável pelas forças progressistas (tanto midiáticas, quanto togadas e partidárias).

Se Temer é corrupto, as forças progressistas conviveram bem com este aspecto da sua biografia ao longo de três décadas de vida pública. Mas ousar fazer o Brasil dar certo? Aí não! Temer foi longe demais.

Filhos traidores

Os filhos de Roberto Civita eram executivos do Grupo Abril. Nesta condição, participaram de uma infinidade de reuniões com seu pai, para tomada de decisão, para avaliação de status, para definição de estratégia, etc.

Durante os governos do PT Abril esteve sob o porrete do governo e da esquerda em geral. Até sob a asfixia financeira, pois os anunciantes eram pressionados para não anunciar. E a editora nunca se vergou. Imagino que este tema foi pauta de várias reuniões de cúpula, mas a decisão sempre foi por se manter fiel aos princípios, independentemente das consequências.

Quando chegou a hora de Roberto Civita, imagino que partiu ao menos com a confiança de que deixava sua empresa em boas mãos.

Mas não demorou muito até que seus filhos entregassem aos comunistas aquilo que o pai tanto lutou para preservar. E de graça.

Ser pai implica em vários riscos. Inclusive o risco de criar traidores dentro do próprio lar.

Um idiota chamado FHC

Na história deste blog deve haver ao menos umas 10 postagens com este título, afinal FHC nunca nos decepciona. A gente espera que ele produza m., e ele produz m.

Para a esquerda, FHC é possivelmente o ser mais vil que já andou sobre a terra, um "direitista neoliberal" representante dos interesses das elites, inimigo do povo, inimigo dos pobres, destruidor do Brasil, entreguista, etc., etc. Mas toda a vez que FHC fala uma m. (e ele as fala em quantidade) a mesma esquerda o trata como uma voz sensata a ser ouvida.

Mais ou menos com age em relação à Igreja Católica. A esquerda a odeia, mas ama os chiliques de comunismo do papa comunista.

Poderoso chefão blindado

Acredito que honestidade e a presidência do PMDB são situações incompatíveis. E olha que fui filiado ao partido. Acho que ainda sou, nunca fui lá dar baixa na minha ficha (me filiei na década de 80). Então, obviamente, deve haver muitos podres no passado de Michel Temer.

Nada disso, contudo, o impediu de ser aclamado como candidato a vice na chapa de Dilma em duas oportunidades. Nada disso impediu a imprensa de achar tudo lindo entre 2010 e 2014.

A frente golpista, formada por PGR, STF, e imprensa (principalmente Globo e Veja) começa a derrubar a casa de Temer justamente no momento exato em que o país dava os primeiros sinais de que começava a sair do fundo do poço econômico. Coincidência? Por quê não investigaram Temer antes, muito antes? Por exemplo, na época em que o PT o escolheu para vice?

Leio na golpista Veja (no site) que Funaro, operador de propinas para o PMDB, vai delatar Temer. Se o fizer, a situação para Temer o para o Brasil ficará bem mais complicada e incerta. E vivemos tempos em que palavra de delator é prova. Basta acusar. Não precisa provar nada do que fala.

Por outro lado, os operadores do PT (Delúbio, Mantega, Palocci, Dirceu & Cia) jamais delatam o seu chefe, nosso futuro presidente e ditador bolivariano. Aliás, a frente golpista parece não ter atualmente nenhum interesse sobre o envolvimento do poderoso chefão em esquemas de corrupção.

quinta-feira, 15 de junho de 2017

A máquina de falar m. chamada FHC

Deve entrar para os anais da história da humanidade, FHC é o sujeito que mais produz m. verbal.

Agora a máquina entrou novamente em ação, para atacar Temer. E a golpista Veja colocou as porcarias ditas por FHC como manchete principal, como se suas porcarias fossem uma grande sabedoria. Para a golpista Veja importa apenas que o produtor de m. estava alinhado com o projeto golpista.

O mesmo FHC que quer a renúncia de Temer é aquele que em 2005, em pleno mensaláo, defendeu que Lula deveria continuar no poder.

terça-feira, 13 de junho de 2017

Judiciário

Há pouco minha esposa narrava que presenciou, na rua, a dura luta de dois policiais para prenderem um assaltante. Provavelmente drogado, estava muito forte, e deu muito trabalho aos policiais, produzindo até cenas de pastelão. Ouvi a história, e reagi automaticamente: "ficará algumas horas na delegacia, e um juiz já mandará soltá-lo".

É uma resposta automática, decorrente da realidade presenciada ao longo de anos. Afinal, não existe o dito popular de que "a polícia prende e a justiça solta"?

Não há uma corrente de juízes que quer os presos soltos, em função da superlotação nos presídios?

Pois bem, este mesmo judiciário que solta bandidos virou, no imaginário popular, o implacável combatente da corrupção. A ponto de receber da população um passe livre para todos os tipos de irregularidades, desde que praticadas no "combate à corrupção".

Chico Alencar ressuscitou

Vivemos 13 anos atolados na maior sequência de escândalos de corrupção da história do mundo. E a esquerda toda quietinha.

Lembro de uma entrevista, há vários anos, da Cristiane Torloni. Acho que foi para a Ana Maria Braga. Lá pelas tantas ela se exaltou com o estado de coisas, e disse algo como: "nós precisamos fazer alguma coisa, as pessoas do bem precisam reagir. Vamos lá, Chico Alencar".

E Chico permaneceu quietinho, nada abalava seu silêncio.

Mas eis que agora Chico ressuscitou, e está todo assanhado. Aparece tanto no jornalismo da Globo que só falta começar a receber salário da emissora. O Chico Alencar implacável com a corrupção ressuscitou.

O Brasil vive na idade da pedra?

Vai fazer um mês que a PGR, o STF e a Globo lançaram o golpe para derrubar Temer.

E a perícia da gravação?

O Brasil vive na idade da pedra? Não temos condições técnicas de, em 30 dias, determinar se uma gravação sofreu, ou não, edição?

Ou o resultado da perícia já existe e está escondido? Para manter a pressão golpista na imprensa.

Brasil, um país terminal

Se uma delegação de ETs passasse pelo Brasil hoje, retornaria ao seu planeta com a seguinte convicção: Temer é o maior criminoso da história política nacional, um verdadeiro "chefe de organização criminosa", como irá denunciar a PGR tirânica.

Afinal, o verdadeiro chefão do maior esquema de assalto ao estado da história do mundo não é mais nem nota de rodapé no noticiário sobre corrupção.

Enquanto isso, idiotas úteis, em bando, aplaudem as ações dos togados. "Temos que acabar com a corrupção", urram, enquanto o chefão prepara sua próxima eleição.


Políticos X Togados

Políticos, ao menos, se submetem ao voto.

Juízes e procuradores se submetem, no máximo, aos "likes" dos idiotas nas redes sociais.

Políticos corruptos podem não ser reeleitos.

Já uma tirania dos togados seria apeada do poder como?

segunda-feira, 12 de junho de 2017

O Brasil virou um show de horrores

O Brasil não tem mais o direito de existir.

Procuradores, STF, Globo, Veja, e um bando de idiotas que aplaudem a própria morte decidiram que o país não tem mais o direito de existir. Nem gado entra no abatedouro aplaudindo.

O caos é permanente. E não se iludam, se Temer cair e entrar outro no seu lugar tudo seguirá igual, afinal quem na política não possui telhado de vidro. A frente golpista só se acalmará se o ungido for alguém aceito por eles.

Procuradores e STF não atuam mais no interesse do Brasil. Se atuassem, haveria muito trabalho a ser feito. Atuam em função de seus próprios interesses escusos.

E o país não consegue ter um só dia de paz. É solavanco todo dia. E a economia fazendo água, os desempregados seguindo sem emprego, os empregados ameaçados, a bolsa caindo, o investimento represado. E nada de reformas.

A frente golpista formada por procuradores, STF, Globo, Veja e idiotas decidiu que o Brasil não tem mais o direito de existir. Mas procuradores e ministros possuem o deles garantido. Os donos da Globo são bilionários. Os donos da Abril são multimilionários. E os idiotas são só idiotas.

sábado, 10 de junho de 2017

Inadmissível?

Leiam a manchete da Veja, integrante da frente golpista. Comento na sequência.

Inadmissível”, diz Cármen Lúcia sobre ofensiva contra Fachin


Comento: Como assim, Carmem Lúcia? E a ofensiva contra o presidente da república é admissível? Com gravação não periciada? Juízes agora são deuses, e não podem ser questionados? O judiciário deve estar acima da lei?


Canalhas do Ministério Público Federal

Enquanto uma ala do MPF se dedica à tentativa sem precedentes de derrubar o presidente da república, atendendo a, sabe-se lá, quais interesses escusos, outra ala se dedica a tentar punir Raquel Shereazade por "excesso de liberdade de expressão".

Infelizmente muitos, muitos mesmo, caem no conto de que os procuradores são "bonzinhos", e "só querem a punição de corruptos". Quando essa gente toda abrir o olho, talvez já seja tarde demais.

4 Ministros do TSE foram heroicos

A chapa Dilma cometeu todos os tipos de crimes eleitorais? Não tenho dúvida.
Merecia ser cassada? Com certeza.

Mas de que valeria a cassação a esta altura, quando a principal beneficiária do esquema criminoso já caiu?

Só para punir o país, gerando mais incerteza, mais instabilidade econômica, e realizando os desígnios golpistas de Janot - Fachin - Globo - Veja & cia.

Portanto, os ministros que votaram pela preservação do mandato do Temer foram heroicos. Heroicos porquê colocaram os interesses do país acima dos seus interesses pessoais. Poderiam ter votado pela cassação e corrido prá galera. Mas não. Preferiram comprometer suas biografias, a permitir que o país afunde ainda mais.

Assim agindo, nos garantiram ao menos a segunda feira de tranquilidade. Na terça a frente golpista já deve voltar à carga.

sexta-feira, 9 de junho de 2017

O Alquimista

O Alquimista está 100% alinhado na pressão jornalística pelo "Fora Temer".

Seus proprietários devem estar alinhados com os meta capitalistas que apostaram (grana) pesado no caos econômico decorrente da queda do presidente, e agora precisam a qualquer custo produzir o resultado esperado.

Mas não se preocupem, Alquimistas. Se o TSE falhar em cumprir seus desígnios, ainda restarão Janot e o companheiro Fachin.

A lenta (ou nem tanto) morte do Brasil

O governo Lula criou as cotas nas universidades federais. Para mim, sempre pareceu claro que se tratava de uma inconstitucionalidade, afinal a constituição estabelece que todos são iguais. E se todos são iguais, não pode haver reserva de mercado.

Mas, enfim, a norma foi criada, e o DEM entrou com ação de inconstitucionalidade no STF. Qual seria a chance, hoje, de um partido político entrar com uma ação de inconstitucionalidade questionando cotas? Nenhuma, zero. Ou seja, em poucos anos os partidos preferiram se silenciar, mesmo que algo contrarie seus princípios, a parecerem politicamente incorretos. Ponto a menos para nossa democracia e para o nosso debate de idéias.

Bem, a questão chegou a julgamento e provocou debates na sociedade, na imprensa e no STF. Acabou prevalecendo na corte o entendimento de que, na média, os negros tinham acesso a escolas públicas de baixa qualidade e, portanto, chegavam em condições desiguais para a disputa da vaga universitária. E as cotas seriam a forma de equilibrar esta desigualdade. Nossas autoridades não demonstraram nenhuma simpatia para com os brancos pobres que estudam em escolas públicas de baixa qualidade. Nossas autoridades não concluíram, também, que se o problema era a qualidade da escola pública, era preciso melhorá-la. Não, para nossas autoridades bastaria criar cotas universitárias para negros, e tudo estaria resolvido.

Pois bem, alguns anos se passaram, e o governo Dilma criou cotas para negros no serviço público. Flagrante inconstitucionalidade, afinal a constituição estabelece que todos são iguais, de forma que não pode haver reserva de mercado.

Desta vez, porém, ninguém ousou entrar com ação de inconstitucionalidade. Em poucos anos, o país empobreceu em termos intelectuais, e de coragem de afirmar princípios.

A OAB, contudo, entrou com ação de constitucionalidade, ou seja, pedindo que o STF declarasse a constitucionalidade da lei.

Bem, se o argumento anterior era que a baixa qualidade da escola pública deixava o negro em condição desigual de competição pela vaga universitária (e o branco pobre?), qual seria a desigualdade entre brancos e negros agora que ambos conquistaram o diploma universitário, nas mesmas universidades, e podem disputar as melhores vagas do serviço público?

O assunto chegou a julgamento, e foi concluído ontem. Desta vez não houve debates. Nem na sociedade, nem na imprensa, nem entre os ministros do STF. Por decisão unânime, os ministros entenderam que as cotas para negros no serviço público são constitucionais em função de um tal dever de reparação histórica. Qual a base constitucional disto?

Mas o ponto deste texto é o seguinte: na minha visão são duas leis ruins e inconstitucionais (cotas nas universidades e no serviço público). Mas a primeira, ao menos, gerou debates, e um partido político se manifestou contra. Em relação à segunda, nada. Absolutamente nada. Em poucos anos, nossa sociedade (inteira) se ajoelhou ainda mais no altar da ditadura politicamente correta. Imaginem o que acontecerá quando o Deus desta seita retomar o poder na próxima eleição...

quarta-feira, 7 de junho de 2017

O Alquimista

É ético existir uma site de notícias que pertença a uma empresa de orientação de investimentos?

Como é possível garantir que o viés, a toada, da cobertura de tal site não estaria alinhada aos desejos da consultoria de investimentos?

Por exemplo, a consultoria de investimentos pode prever o caos que ocorrerá no mercado se o presidente cair, e orientar os investimentos dos seus clientes neste cenário, para que ganhem dinheiro no caos. E pode então mandar voltar todas as baterias do seu site de notícia contra o presidente, fazendo pressão pela sua queda. Se desse certo, seria quase uma profecia autorealizável, e a tal consultoria de investimentos seria alquimista - transforma notícia em ouro.

A liberdade é muito barata

Diversas possibilidades de regime ditatorial nos rondam (declarado, ou não):

- Uma ditadura dos togados, como parecem querer impor juízes e porra loucas da PGR. Os mega salários do funcionalismo público parecem querer o poder total;

- Uma ditadura bolivariana, como prometem Lula e demais esquerdistas, caso vençam a próxima eleição presidencial, seja ela quando for;

- Uma eventual ditadura militar, embora eu ache esta possibilidade absolutamente improvável.

Mas cada uma dessas possíveis ditadura possui suas gigantescas torcidas - os lavajatistas, os esquerdistas, e os saudosistas do regime militar. Incrível como estão prontos para abrir mão de sua liberdade. Para esses milhões de seres, a liberdade é barata. Na verdade, não vale nada. Estão prontos para se ajoelhar no altar do seu Deus.


segunda-feira, 5 de junho de 2017

Cretino

Vejam a afirmação de Deltan Dallagnol, que está publicada no Twitter do Felipe Moura Brasil:

Deltan Dallagnol: Brasil é "chantageado" a aceitar corrupção em troca de "estabilidade"

Comento: Deltan Dallagnol é funcionário público e, portanto, goza de total estabilidade. Chova ou faça sol, todo o dia 30 o dele está na conta. É fácil chutar a estabilidade que os outros precisam para sobreviver, quando a sua própria já está garantida. Cretino!


domingo, 4 de junho de 2017

Brasileiro, otário, gosta de ser roubado

Segundo pesquisa, 63% dos brasileiros acham que Joesley deveria estar preso. Logo, concluo que 37% dos brasileiros acham que depois de esfolar o país, Joesley deveria mesmo ficar solto.

Ah, daqueles que já decidiram em quem votar para presidente a maioria vai de Lula...

sábado, 3 de junho de 2017

Revista Veja, a nojenta

Acessei há pouco o site da nojenta, e vi que a capa é mais uma pedrada em Temer. Partidos de esquerda, PGR, STF e mídia não sossegarão enquanto não derrubarem o presidente. E jogarem o país no abismo. E junto com ele as pessoas que precisam trabalhar para viver.

Um pouco abaixo, no mesmo site, a manchete: "Lula não aceita eleição indireta nem se Jobim for o candidato".

Ou seja, para a nojenta Temer é corrupto, e tem que cair. Já Lula é um juiz moral válido para o processo político brasileiro.

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Quem seria de fato punido?

Leio que Globais e artistas diversos se reúnem num tal "Temer Jamais", comandado por Paula Lavigne, a mesma que já comandou o grupo de artistas que defendia a censura no Brasil.

Pensemos.

Temer é velho, muito rico, e só possui mais 1,5 ano de carreira política. Depois disso acaba.

Portanto, quem de fato seria punido com uma eventual cassação de Temer neste momento?

O próprio, que já está no fim da linha, e continuaria rico?

Ou o Brasil e os brasileiros que trabalham, e dependem da recuperação da economia para tentar sobreviver?

Não sei quanto aos leitores, se houver algum, mas eu tenho contas para pagar. Muitas. E considero como inimigo pessoal quem quer o Fora Temer nesta altura. Considero um inimigo que ameaça a minha sobrevivência. Minha, dos meus clientes e dos meus funcionários.

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Veja, a nojenta

Fui assinante por 16 anos.
Ou seja, por 16 anos paguei para ler a revista. Fora os muitos exemplares que comprei avulsos.
Mas já parei há alguns anos.
Agora a Editora Abril me manda de graça. Todo o domingo a Nojenta chega lá em casa.
E vai direto para o cesto do lixo reciclável.

A esquerda já sentiu o cheiro de sangue

A esquerda, creio, está próxima da vitória definitiva. E a consequência disto será o fim da civilização ocidental, pelo menos como a conhecemos.

A esquerda já sentiu o cheiro de sangue. E está assanhada.

No Brasil a esquerda toma as ruas, quebra, picha as paredes com foices e martelos (não eram eles mesmos que diziam que quem falava em comunismo não tinha visto a queda do muro de Berlim?). Truculentos, agridem física e verbalmente, sem travas. Ameaçam todos que não se enquadram. A democracia não tem coragem de utilizar contra eles os dispositivos de que dispõe. Temer é um presidente acuado, sem poder de fato. O congresso é ignorante e acovardado. E a máquina de moer carne da esquerda vai avançando sobre tudo.

Nos EUA, Trump ganhou mas não levou. Na democracia de faz de conta ele foi eleito, mas a máquina (esquerda, bilionários, intelectuais, mídia, judiciário e congressistas) o impede de efetivamente governar. Ou seja, na América do século XXI a democracia só vale quando um esquerdista vence.

Na Europa, continente que caminha a passos largos para a extinção, as portas foram abertas para a imigração islâmica. Detalhe, depois de islamizar a Europa, os vencedores cortarão as cabeças dos esquerdistas. Como fizeram após a vitória da revolução no Irã.