Pesquisar este blog

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Democracia: farsa e inviável

Já concluí que a democracia é uma farsa. Por diversos fatores que não serão repetidos nesta postagem.

As presidências de Trump e Temer, contudo, trazem um novo aspecto da democracia - a sua inviabilidade prática.

Sim, pois sempre que a democracia, por descuido, escolher alguém que não seja alinhado com os interesses das oligarquias dominantes, o status quo cuidará de inviabilizar o exercício do poder pelo elemento estranho.

Trump é atacado pela imprensa 24 horas por dia, 7 dias por semana. De todas as formas. No congresso americano os pedidos de impeachment vão sendo empilhados. E a realização de sua agenda é inviabilizada legislativamente pelo próprio partido.

No caso brasileiro, o governo Temer mostra bem o que seria um eventual futuro governo não alinhado com as oligarquias: delações de todos os lados (no Brasil delator não precisa apresentar provas), assédio da imprensa (Globo à frente), perseguição da esquerda, dos artistas, dos intelectuais, dos estudantes lobotomizados, dos procuradores e dos ministros vermelhos do STF.

Então é assim: ou é capacho das oligarquias, ou não governa.

A democracia acabou.

sábado, 14 de outubro de 2017

De Luiz Philippe de Orleans e Bragança

"Como chegamos a crer que a esquerda, que propõe um estado interventor e limitador do poder empreendedor do indivíduo, é a vertente ideológica capaz de apresentar soluções para a redução da pobreza? Eis mais uma contradição brasileira alimentada dia a dia pela esquerda nas escolas, igrejas e imprensa."

Policiais

Vi um vídeo em que a atriz global Fabiana Carla relata que foi assaltada numa praia de Pernambuco, teve seu Iphone roubado, e posteriormente a polícia prendeu o bandido e lhe devolveu o aparelho.

Todos os artistas globais são progressistas da linha bandido é bonzinho, policial é fascista.

Mas quando são vítimas de um crime, os policiais correm para fazer seu trabalho e agradar aqueles que lhes chutam. Abanar o rabinho para os famosos.

Por outro lado, quando a vítima é um simples desconhecido...

Tive meu carro roubado, e fui sequestrado. Os policiais se limitaram a fazer, com muita má vontade, um BO. E o trabalho policial morreu ali. Sequer me pediram uma descrição dos três assaltantes.

Talvez para fazer a polícia funcionar seja necessário chamar os policiais de fascistas...

De Luiz Philippe de Orleans e Bragança

"Sendo assim, é necessário definir um novo termo que represente nosso sistema econômico. Um sistema definido pela divisão do poder político e econômico nas mãos de oligarquias mutuamente dependentes. Um sistema no qual essas oligarquias controlam o estado e fazem de tudo para que o estado controle a economia e a sociedade. Utilizam-se da retórica socialista como meio de preservar o controle, pois o discurso dos heróis (estado) e vilões (Capital) encanta o imaginário coletivo, criando mitologias que eliminam do diálogo os liberais, que seriam um justo contraponto a essa lógica.

Gosto do termo "oligarquismo" para definir nosso modelo econômico. Esta expressão, embora dura, resume um problema histórico da estrutura política e econômica que temos de combater e encerra o debate sobre termos um modelo capitalista ou socialista.

... temos um sistema de governo que concentra poderes e centraliza cada vez mais as decisões. Poucos se beneficiam desse arranjo, a não ser aqueles que detêm o poder, os que estão próximos ao poder ou ainda os que pretendem criar um poder totalitário no Brasil. Em seu interesse de maximizar o lucro, fomentam controles de mercado que lentamente matam a livre iniciativa e a competição, deixando somente grandes empresários oligarcas e o governo como criadores de emprego e das poucas oportunidades.

Os grandes grupos econômicos desejam competição capitalista tanto quanto os populistas desejam compartilhar poder num estado de direito. Ou seja, nunca. Por esse motivo, os interesses desses dois grupos estão quase sempre alinhados e, quando há um estado oligárquico ou populista, o resultado é um sistema controlado centralmente, nos moldes é uma economia socialista.

O povo foi sucessivamente excluído da vantagem de viver e trabalhar no Brasil pelas constituições que colocam o estado à frente de tudo."

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Senadores comunistas?

Li que um grupo de 36 senadores assinou a convocação de um plebiscito sobre a privatização da Petrobrás. E querem que "patrimônio público" não possa ser vendido sem antes "ouvir o povo".

Comento:

- Um dos 36 é José Serra. Ele foi ministro de FHC, o governo mais privatizante. Naquela época não precisava "ouvir o povo", senador?

- Outra é Katia Abreu. Esta, por amor a Dilma, passou de capitalista liberal a comunista radical. O que você tem, Dilma?

- Quer dizer para para privatizar as estatais, o "povo" precisa ser ouvido. Mas e para dilapidá-las? Não precisa ouvir o povo? E para indicar os diretores, que montarão os esquemas de corrupção, não precisa ouvir o povo? O roubo é livre, e o povo não precisa dar pitaco?

 - Esses senadores querem preservar o "patrimônio público", ou querem preservar as bocas que financiam suas campanhas, seus partidos e sua boa vida?

- Qual a diferença entre José Serra e Eduardo Suplicy?

- O povo brasileiro é tão ignorante que se o plebiscito ocorrer uns 80% votam contra a privatização.

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Por quê o Brasil é um país tão atrasado e desigual?

Basicamente porquê políticos, elites e meta empresários se unem há séculos para preservar a maior parte da riqueza para eles, e manter o país no atraso, como uma espécie de playground para uso pessoal.

Esses meta empresários nada têm de capitalistas. Afinal, capitalismo envolve liberdade de mercado, oportunidades, mobilidade social, concorrência, disputas, etc. Tudo o que os meta ricos querem bem longe deles. Querem o seus status bem congelado, e protegido de ameaças. E para isto, nada melhor do que um governo interventor, regulador e que inviabiliza o empreendedorismo, matando no nascedouro aqueles poderiam vir a ser futuras ameaças aos meta ricos.

Poucas vezes na história este sistema de compadrio foi rompido. Uma delas foi durante o governo Collor. Outra parece ser o governo Temer. Por isso, tão odiado pela elite, que lava a cabeça do povão para que repitam "Fora Temer!" como autômatos.

E este esquema atingiu o seu ápice durante o governo do povo popular do PT. Se as pesquisas estiverem certas (espero que não), em 2018 o povão elege Lula para aprofundar o modelo  de concentração de riquezas nas mãos de meia dúzia.

E os americanos estão aprendendo com a gente. Lá bilionários e multimilionários já são ativistas e contribuintes do Partido Democrata. 

Eu e Lula do mesmo lado ... ou não

Há alguns anos Lula declarou num discurso em Santa Catarina que era preciso extirpar o DEM da política brasileira. Pouco depois, Gilberto Kassab (seguindo ordens?) criou o PSD e quase acabou com o DEM.

Pois bem, se o DEM comporta Rodrigo Maia, eu me alio a Lula nesta empreitada. É preciso extirpar o DEM da vida política brasileira.

Se bem que agora Rodrigo Maia é o queridinho da Globo, e a Globo é petista, então nos bastidores já devem estar todos alinhados, e Lula deve estar dizendo que o DEM é um grande partido, que honra a vida pública nacional...

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Estados Unidos

Imagens do mais novo oficial formado pela academia militar de West Point. Em alguns anos poderá estar em posição de comando.








quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Estados Unidos

Voltei dos EUA e, como sempre nas visitas em anos recentes, volto de lá com a impressão de ter visto um walking dead, um morto vivo, alguém já morto mas que ainda não foi informado do fato. Os EUA foram o que foram pela mentalidade do povo e por um governo pequeno, que não atrapalhava o empreendedorismo. Isto está morto. Falar com um americano hoje é como falar com um brasileiro, argentino ou mexicano. Fiquei feliz com a eleição de Trump. Mas acho que foi o último espasmo do condenado.

A declaração abaixo é do prefeito de Nova York, nas revista New York Magazine:


O problema é que nosso sistema legal foi elaborado para favorecer a propriedade privada. Eu acredito que a maioria de nossos cidadãos, independente de sua inclinação política, gostaria que o governo pudesse determinar onde cada prédio seria construído, que altura ele teria, quem deveria viver nele, quanto custaria o aluguel.
Eu acho que há um impulso socialista em curso, que eu escuto todo dia, em todo tipo de comunidade, que deixa claro que as pessoas gostariam que as coisas fossem planejadas de acordo com suas necessidades. E eu gostaria também. Infelizmente, o que impede que isso aconteça são os direitos de propriedade. Eles é que direcionam o desenvolvimento da cidade.

De Denis Rosenfield

Lula foi elevado pelo partido às alturas do Púlpito, exigindo de todos a crença absoluta nas suas palavras, como se nelas estivesse presente a fala de um líder religioso. Diz qualquer mentira e recebe em troca não a dúvida e a crítica, mas a devoção. Os militantes tornaram-se devotos de um líder partidário, que se apresenta como figura imaculada. Já antes, no exercício do poder, excedia-se em suas bravatas, que eram, porém, cordialmente aceitas como coisa de um retirante bem-sucedido.
Acontece que o sucesso transformou aquela simpática figura do líder sindical em um governante que considerou o poder enquanto coisa sua, a ser usada a seu bel-prazer, como se limites não existissem. A corrupção tornou-se meio de governo, inclusive sob a forma do enriquecimento pessoal e de seus familiares e amigos. Os históricos líderes comunistas, nesta esfera da corrupção, não ousaram tanto.

Bilionários progressistas

Da Fox News:


The hidden donors to a prominent anti-Trump "resistance" organization are revealed in unredacted tax forms obtained by the Washington Free Beacon.
The Center for Community Change, a Washington, D.C.-based 501 (c)(3) progressive community organizing group that does not reveal its donors, has been involved in direct action against President Donald Trump and Republicans before and after the November elections. The organization's members sit on the boards of other prominent liberal activist groups.
The Free Beacon has obtained the group's unredacted 2015 tax forms that shed light on its funders, who provide millions of dollars in assistance. The group appears to rely heavily on a few major liberal foundations, organizations, and unions.
The Center for Community Change's largest contribution was $3,000,000 from the W.K. Kellogg Foundation, which was initially created by Will Kellogg, the food manufacturer and founder of Kellogg Company. The Ford Foundation, which was first created by the founders of the Ford Motor Company, added a $2,350,000 donation. The Open Society Foundation, a foundation run by liberal billionaire mega-donor George Soros, gave $1,750,000 to the Center for Community Change.

terça-feira, 3 de outubro de 2017

O atirador de Las Vegas

Stephen Paddock é, há mais de 24 horas, a pessoa mais investigada do mundo. O publicamente o que se sabe dele até agora? Nada de relevante.

O ISIS diz que ele era um convertido. Não há confirmação.
O que pensava?
O que escrevia no seu Facebook?
Qual sua motivação?
Como conseguiu comprar tantas armas e munições sem chamar atenção das autoridades?
Onde comprou as armas?
Qual o papel da sua namorada no caso?

Essa ausência de informações relevantes, até o momento, sobre alguém tão investigado me leva a uma desconfiança - a resposta a essas questões não será boa para os interesses da causa progressista. Se a resposta fosse interessante para a causa progressista, podem ter certeza de que todos os detalhes já estariam na imprensa.


Revista Veja

Recebi (gratuitamente) a Veja desta semana, e já na capa vem a informação de que a revista circula 1.200.000 exemplares por semana. Se for verdade, são mais exemplares do que no auge da revista, quando ela enfrentava sozinha a implantação da ditadura Lulo/bolivariana no Brasil.

Seria possível? Seria possível a revista efetivamente aumentar sua circulação depois de ter optado por virar um lixo impresso?

Bem, há uma diferença essencial - na época em que a Veja valia à pena, eu pagava para recebê-la. Agora já faz uns dois anos que recebo gratuitamente (E VAI DIRETO PARA O LIXO, SENHORES ANUNCIANTES DA VEJA). Como imagino que não fui o único selecionado do país para receber gratuitamente os exemplares semanais, uma boa parte dos anunciados 1.200.000 exemplares devem estar na mesma situação. Ou seja, a nova Veja virou uma espécie de Jornal Metro, o qual é distribuído gratuitamente em cruzamentos de trânsito.

Brasil já foi um dos maiores produtores de arte do mundo

Recentemente houve os casos de banalização da pornografia, da pedofilia e da zoofilia, travestidos de "arte", em Porto Alegre, São Paulo e Salvador (embora até a própria direita esteja dando bem pouca atenção ao caso de Salvador).

As pessoas que ainda possuem um mínimo resquício de valores, de certo e errado, de aceitável e inaceitável, se revoltaram e protestaram contra o ocorrido.

A esquerda (travestida de artistas, jornalistas e intelectuais) saiu em defesa da "arte", e acusando de "fascistas" os que viram qualquer coisa de errado naquilo. Compreende-se, a esquerda sequer sabe o que é arte, e não está minimamente preocupada com conteúdo artístico. Apenas uma coisa interessa à esquerda - a implementação da agenda progressista. E para tal ela se utiliza de todas as ferramentas disponíveis, até da "arte".

Entre os que, em tese ao menos, não são de esquerda, mas tentaram defender as manifestações "artísticas", estão Diogo Mainardi e Reinaldo Azevedo. Mainardi revela dia a dia seu verdadeiro caráter, na condução do seu site "O Antaprogressista", o qual pertence a uma empresa que vende previsões econômicas. Já Reinaldo passou por uma delicada cirurgia de cérebro nos últimos dias de 2016, e nunca mais foi o mesmo.

Ora, se pornografia é arte, o Brasil foi o maior produtor de arte do mundo na década de 1970, afinal nosso cinema só produzia as pornochanchadas.

domingo, 1 de outubro de 2017

Pesquisa eleitoral

Se as pesquisas estiverem certas, significa o seguinte - quanto mais crimes, mentiras, fraudes e farsas de Lula são reveladas, mais cresce o número de pessoas que pretendem votar nele. Nesse ritmo, se for revelado que ele come criancinhas (no sentido gastro/comunista) até eu me sentirei compelido a votar nele...

sábado, 30 de setembro de 2017

O futuro do Leblon

Como o Leblon deve ser o bairro brasileiro com mais comunistas por metro quadrado, vamos ver como poderá ser o futuro dos moradores do bairro, tomando por base a experiência do comunismo chinês, nas palavras de Frank Dikotter, no livro A Grande Fome de Mao (pág. 355):

"Quando não havia mais nada, as pessoas se voltaram para uma lama suave, chamada terra Guanyin - o nome da Deusa da Misericórdia. Uma equipe enviada por Li Jingquan ficou espantada com o que viu no condado de Liangxian, Sichuan. Era uma visão do inferno: grupos cerrados de aldeões fantasmagóricos enfileiravam-se diante de buracos profundos, os corpos murchos porejando de suor sob o clarão do sol, enquanto esperavam a vez de descer no buraco e escavar alguns punhados da lama branca como porcelana. Crianças, os quadris apontando sob a pele, desmaiavam de exaustão, seus corpos sujos pareciam esculturas de lama sombreando a terra. Mulheres velhas em andrajos queimavam amuletos de papel e se curvavam, de mãos dadas, murmurando estranhos encantamentos. Um quarto de milhão de toneladas foi escavado por mais de 10 mil pessoas. Só em uma cidade, 214 famílias de um total de 262 haviam comido lama, vários quilos por pessoa. Alguns aldeões enchiam a boca de lama enquanto cavavam. Mas a maioria adicionava água e trabalhava a terra depois de misturá-la com resíduos de cereais, flores e ervas, assando bolos de lama que tinham recheio, mesmo que representassem pouco valor nutritivo. Uma vez comida, a mistura agia como cimento, secava o estômago e absorvia toda a umidade dentro do trato intestinal. Defecar se tornava impossível. Em todas as aldeias, várias pessoas morriam dolorosamente, os intestinos bloqueados pela lama. Em Henan, como lembrou He Guanghua, muitas pessoas deram para comer uma pedra local chamada Yanglishi, que era moída e transformada em bolos. Os adultos ajudavam uns aos outros a tirar as fezes com gravetos. Em toda a China, de Sichuan, Gansun e Anhui a Henan, pessoas atormentadas pela fome se voltavam para o barro."

Comento: pelo menos o inferno do Leblon terá vista para o mar, enquanto o seu grande líder anunciará que nunca antes na história deste país se comeu tanto e tão bem.


sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Fake bobagens

Como não faço parte de redes sociais, desconheço a quase totalidade das asneiras que circulam por elas.

Nesta semana, minha mãe está aqui nos EUA, e ela possui redes sociais. Recebeu de uma amiga, que é alta funcionária pública, um áudio que seria do Senador Cristovam Buarque, o qual (áudio) defende a intervenção militar no Brasil, e diz que ela ocorrerá nos próximos dias, e que os militares brasileiros estão trabalhando em conjunto com os americanos. E depois diz que os corruptos e comunistas serão presos e julgados por um tribunal militar.

Eu disse:

- Mãe, o senador Cristovam Buarque é ex-petista, e comunista desde criancinha. Jamais diria algo assim. Além disso, apesar de comunista, ele é um homem culto, e esse áudio é de alguém que desconhece os rudimentos da língua portuguesa.

Mas não adiantou nada. Eu posso dizer o que quiser, plantar bananeira pelado, não produz efeito. Se chegou pela rede social, o tal áudio já chega com o selo de verdade bíblica.

Mais justiça social

Estou nos EUA esta semana. O grande assunto aqui nesta semana são os jogadores de futebol americano se ajoelhando durante o hino, para protestar. Questionados sobre qual a razão do protesto protestando, responderam que estão protestando por mais justiça social.

Entendo, eles ganham milhões de dólares por ano só para correrem atrás de uma bola...

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Brasil já é uma ditadura

O STF, contra a constituição federal, afastou Aécio Neves de suas funções novamente. O Brasil já é uma ditadura. Mas os ministros do STF que agem como ditadores não o fazem para eles mesmos exercerem o poder. São apenas soldados de uma causa, e fazem o que fazem exclusivamente para recolocar o Brasil no caminho bolivarianismo.

Se fosse uma entidade ainda submetida à lei, o STF julgaria e condenaria Aécio, e então ele perderia o mandato. Mas ... Aécio ainda nem é réu...

Mas o ponto aqui é outro - Aécio é um dos políticos que mais me decepcionou. Me entusiasmei com sua candidatura a presidente. Sofri com sua derrota (provavelmente causada pelas urnas eletrônicas companheiras). Aécio tinha tudo para botar para quebrar, mas sumiu, desapareceu. Houve as manifestações, o impeachment, e ninguém ouviu falar de Aécio. Provou ser uma nulidade, sem capacidade de liderança. Uma Dilma com bico. Há alguns meses o ex advogado do MST (Edson Fachin) também usou de arbítrio para afastá-lo de seu mandato. Quando a decisão foi revertida, uma manchete anunciou: "Aécio reassume o mandato na terça e fará discurso na tribuna do senado". Naquele momento eu pensei que ele faria um discurso para mostrar o que estava em curso no Brasil. Mas não, Aécio é Aécio, então não teve discurso nenhum. Depois que ele reassumiu o mandato a notícia foi a seguinte: "Aécio reassume o mandato e almoça com tucanos". Aécio não se faz respeitar. Aécio abaixa a cabeça para petistas desde 2015 ao menos. E agora os petistas de toga estão dando chutes na sua bunda.

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Brasil, quintal do PT

Se os generais do regime militar tivessem sido corruptos, os esquerdistas garantiriam que todas as eventuais falcatruas viessem a conhecimento público após 1985. Nada apareceu.

Os esquerdistas odeiam o outrora aliado Michel Temer. Como eles estão infiltrados em todos os órgãos públicos, seria muito fácil exporem falcatruas do presidente. Mas não aparece nada. O que aparece são acusações ridículas produzidas por um sócio do PT (Joesley Batista), ou por um ex-aliado (Funaro) desesperado por falar qualquer coisa para reduzir sua pena. Então, se Temer é corrupto, no mínimo fez muito bem feito.

Então, se nada de concreto há, por quê Temer já foi alvo de duas denúncias em 16 meses de mandato, enquanto Lula não foi alvo de nenhuma em 96 meses, mesmo com o Mensalão? Simples, o Brasil é um quintal do PT. As instituições não atuam no interesse da República mas, sim, no interesse do projeto de poder do PT.

E tem um monte de gente que não é petista, gritando "fora Temer!". Acordem.

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

STF petista

O STF deixou há muito de ser uma corte constitucional. A única coisa levada em consideração pela corte é o interesse petista. O STF não analisa mais se as matérias são, ou não, constitucionais. Analisa apenas se interessam, ou não, ao projeto petista de poder.
Democracia no Brasil é uma farsa.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Lula presidente em 2018?

O fracasso da sua caravana pelo nordeste diz que não, enquanto as pesquisas dizem que sim.

Eu espero que não, embora saiba que a democracia é uma bomba de destruição em massa, sempre pronta para explodir.

E Lula conta com cabos eleitorais fortíssimos. Talvez Geraldo Alckmin seja o maior deles.

sábado, 16 de setembro de 2017

Dando uma de Joselito

São Paulo - Os jornalistas Diogo Mainardi, que recentemente chegou da Itália, e Reinaldo Azevedo se reuniram a portas fechadas num hotel de luxo em São Paulo na tarde de ontem. Ao final da reunião, anunciaram para a imprensa a notícia que promete abalar o mercado de informação - Reinaldo Azevedo é o mais novo contratado de O Antagonista.

Recentemente Mainardi e Azevedo vinham se estranhando em público, com ataques de parte a parte. Mas, segundo apurou nossa reportagem, após o caso do banco da pedofilia e da zoofilia, ocorrido em Porto Alegre, ambos os jornalistas descobriram que possuem muito é comum, e decidiram deixar as diferencas de lado, e celebrar esta reaproximação voltando a trabalhar juntos.

Segundo Mainardi declarou aos jornalistas presentes no hotel: "Estamos muito felizes com a contratação do Reinaldo. Entendemos que O Antaginista é o veículo ideal para ele trabalhar. O Reinaldo terá total liberdade para escrever.". Ao final da coletiva Mainardi previu que Lula será preso amanhã.

Já Azevedo declarou que quem discordar da sua ida para O Antagonista é um xucro.

Nossa publicação deseja sucesso para o Reinaldo nesta nova empreitada.

Que decepção, Reinaldo

Do Diogo Mainardi não espero mais nada de bom. Este já mostrou bem quem é.
Mas do Reinaldo? Tá certo que depois da sua cirurgia no cérebro, feita na virada do ano, ele fala muita besteira e não consegue mais escrever textos com a mesma qualidade. Mas há limite. Ver Reinaldo relativizando o que o banco da pedofilia e da zoofilia fez em Porto Alegre me decepcionou profundamente. Justo Reinaldo, que foi um crítico implacável do então ministro da educação Fernando Haddad, que tentava erotizar crianças.

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Este país está virado de cabeça para baixo

Um empresário meta capitalista, podre de rico, e um banco internacional são os atuais heróis dos comunistas no Brasil.

O banco da pedofilia e da zoofilia

O banco da pedofilia e da zoofilia emitiu uma nota para seus funcionários, na qual diz: "Aqui não temos medo".

Ah, então a demissão da funcionária que desagradou Lula não foi por medo, foi por servilismo mesmo.

terça-feira, 12 de setembro de 2017

República Petista do Brasil

Leio na internet que o STF autorizou a abertura do segundo inquérito contra Temer.

Sabem quantos inquéritos forma abertos contra Lula do Mensalão e Dilma do Petrolão, enquanto presidentes? Zero, nada, nenhum.

Ah, como eu gostaria de ver o Temer acordar homem, cercar o STF vermelho com tanques e jogar na cadeia as togas vermelhas. Antes que eles ponham o PT de volta na presidência, pois aí quem vai enfrentar boca de fuzil somos nós, os "não alinhados".

Temer, quem poderia reagir?


Li este trecho no site comunista UOL. Comento na sequência.

"A nota da Presidência diz ainda que garantias individuais "estão sendo violentadas, diuturnamente, sem que haja a mínima reação". Na avaliação do Planalto, o Brasil tem assistido à ruptura do Estado Democrático de Direito para "coibir a barbárie da punição sem provas e evitar toda forma de injustiça"."

Comento: quem, no caso, deveria reagir? Quem, no caso, poderia reagir? Quem sabe o próprio Temer, propondo o impeachment dos facínoras do STF no senado? Ou, quem sabe, colocando os tanques na porta do STF e jogando na cadeia as togas vermelhas? Enfim, quando o judiciário (junto com PGR) sai dos limites estabelecidos pela lei, talvez só sobre solução de força. Mas estranho o Temer reclamar da falta de reação. Reaja, Temer!




Banco Santander atua pela destruição da sociedade ocidental

Como ficou claro na exposição realizada no Santander Cultural (sic), o banco atua pela completa destruição da sociedade ocidental. Nisso nada difere dos demais bancos, todos globalistas e financiadores da esquerda em escala global. O Santander só errou a mão e expôs demais o seu jogo.

Espero que um dia eu consiga entender porquê os bancos atuam com tanto afinco pela destruição da sociedade que lhes permite ter bilhões em lucros todos os anos.

E, salvo engano, não ouvi nenhum pio da igreja católica a respeito do ocorrido em Porto Alegre...

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Revistas Época e Veja dão risada. Choram os brasileiros decentes

Ontem à noite, ingenuamente, comemorei aqui a prisão do Joesley. E comentei que as revistas Época e Veja deveriam esta chorando com a prisão do seu herói.

Hoje cedo o Reinaldo já revelou tudo - a tal prisão não passa de mais uma armação da gangue Janot - Fachin - Joesley.

domingo, 10 de setembro de 2017

Joesley em cana

Joesley foi em cana. Se houvesse justiça no Brasil, jogariam fora a chave da cela onde ele está.

Mas uma coisa me intrigou. Ontem vi a seguinte manchete: "Janot pede ao STF a prisão se Joesley". Hoje vi a seguinte: "Fachin autoriza a prisão de Joesley".

Fiquei pensando: desde quando Joesley têm foro especial?

As revistas Veja e Época devem estar em prantos, com a prisão do seu herói.


sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Filme sobre a Lava Jato

Confesso que não sou um fã da operação Lava Jato. Como muitos, acho que a operação começou muito bem. Mas perdeu o rumo a partir do momento em que seus integrantes viraram celebridades nacionais, e passaram a agir mais em função da fama do que da técnica, passaram a ter ambições políticas. Além disso, tenho a impressão de que a operação se perdeu num emaranhado de delações que, na essência, não delatam nada, não provam nada, e delatores começaram a usar a operação para atingir desafetos. Acho que o fim da Lava Jato será melancólico, apesar de que alguns de seus integrantes continuarão a ser, por um tempo, "deuses" perante os seus admiradores incondicionais.

Mas fui ao shopping ontem para assistir algum filme, e por absoluta falta de opção (que lixo a produção contemporânea) acabei assistindo o filme sobre a Lava Jato. O filme narra a história da operação até abril de 2016, ou seja, ainda na sua fase áurea, antes da decadência.

O filme é bobinho (como quase todos os filmes), as interpretações são fracas, e há algumas escorregadelas para o petismo. Mas gostei. Acho que o saldo líquido que sobra é positivo. Ao final me emocionei (e lacrimejei) com as cenas das manifestações gigantescas de março e abril de 2016. Me emocionei porquê acho que nunca mais testemunharemos algo como aquilo. Passou. Enfim, leitor, se você não estiver curtindo uma praia, como estão os colunistas de direita, recomendo que vá ao cinema assistir o filme.
 

Colunistas de direita X feriadão

Imagine, leitor, se algum PMDBista do núcleo duro do partido tivesse feito revelações assombrosas sobre Michel Temer na última quarta feira. O assunto seria praticamente a pauta única da imprensa durante o feriadão e fim de semana, e na segunda feira, dia 11, a pressão para Michel Temer renunciar seria gigantesca.

Mas quem fez revelações assombrosas foi Palocci, do núcleo duro do PT. Declarações contra Lula e Dilma. E o que acontece? Na imprensa é praticamente um "não assunto", enquanto que os poucos colunistas de direita que existem na imprensa brasileira parecem estar todos curtindo o feriadão prolongado.

Espero que ao menos o tempo na praia esteja bom...

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Globo e a desigualdade

Enquanto todos os partidos políticos precisam fazer todo o tipo de aliança para conquistar alguns segundos a mais no horário da TV, o PSOL tem à sua disposição 24 horas diárias da programação da TV Globo.

Esta desigualdade é um absurdo, ainda mais partindo de uma emissora socialista, que se dedica à defesa da igualdade social.

Para não parecer hipócrita, a Globo precisa repartir igualmente a sua programação entre todos os partidos. Até o Patriota, do Bolsonaro.

Ah, e a família Marinho precisa começar a doar seus bens.



Não é Joselito Mueller

As situações fictícias imaginadas por Joselito Mueller estão se revelando ingênuas, face aos absurdos de verdade, produzidos pela vida real. A notícia é da Fox News:


http://www.foxnews.com/world/2017/09/02/palestinian-terror-group-allowed-to-run-in-german-parliament-elections.html

Sob o domínio da ignorância

Pobre Brasil. Quando não está sob o domínio de Lula (mesmo que travestido de Dilma), está sob o domínio de Joesley (mesmo que travestido de Janot/Fachin).

E como as gravações deixam claro, ambas as lideranças disputam cabeça a cabeça o troféu de analfabetismo e ignorância.

Mais uma conquista do governo do PT - fazer de um analfabeto ignorante um dos homens mais ricos do mundo.

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Reinaldo estava certo

Mais uma vez. Contra tudo e contra praticamente todos.

Mas não haverá consequências. A frente petista formada por Janot, Fachin, Joesley e Globo assimilará o golpe, e voltará ao ataque. Com o apoio daquele grupo bem apelidado pelo Reinaldo de "direita xucra", o qual é liderado por aquele site que tenta manipular a opinião pública para transformar em realidade as previsões econômicas produzidas pelos seus patrões.


O que vai acontecer com Janot?

Nada. Janot é petista e, como tal, possui imunidade na imprensa e no STF.

sábado, 2 de setembro de 2017

Por que Joesley tem tanta raiva do Temer?

Joesley, o garoto propaganda da Globo, da nojenta Veja e da PGR, odeia profundamente o Temer.

Joesley ficou multibilionário com muita ajuda do governo brasileiro. E nunca o vimos chamar nenhum presidente de "ladrão geral da república".

Por que, então, Joesley resolveu declarar guerra contra Temer?

A lógica elementar me leva a questionar o que Globo e a nojenta Veja não questionam - a raiva de Joesley não decorreria justamente do fato de Temer ter cortado as tetas de dinheiro público?

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Aspiradores globais de dinheiro

Algumas organizações, como Amazon, Google, Facebook, Microsoft, Apple, são como grandes aspiradores globais de dinheiro. Aspiram no mundo todo, 24 horas por dia, de domingo a domingo, concentrando esta riqueza imensurável (boa parte dela, ao menos) nas mãos de alguns. Estranhamente, todas são simpatizantes/apoiadoras/militantes de causas socialistas.

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Discurso de ódio

Tenho acompanhado muito pouco o noticiário americano. A situação de degeneração naquele país atingiu um estágio que, entendo, é irreversível. Assim, acompanhar o noticiário americano é como ler ao vivo o diário do fim do mundo. Muito triste para quem preza a civilização, muito alegre para quem anseia pela barbárie.

Vejo que a tese agora em voga por lá é a seguinte: a liberdade de expressão não pode ser utilizada como abrigo pelo discurso de ódio. Ou seja, adeus liberdade de expressão.

Muitos americanos acham até razoável esta afirmação, afinal antes da destruição os americanos foram transformados no povo mais politicamente correto do mundo. São tão burros, contudo, que não conseguem sequer questionar: "quem determinará o que é e o que não é discurso de ódio?".

sábado, 26 de agosto de 2017

Contra a desigualdade social

Vi numa entrevista que o Prefeito João Dória dorme apenas 4 horas por noite. Com uma quantidade tão pequena de horas de sono por dia, ele tem mais tempo para produzir, para trabalhar, e a consequência natural disto é que acabe acumulando mais riquezas.

Isto é um absurdo intolerável numa época de combate à desigualdade social, como a que estamos vivendo. Isto precisa ser combatido.

Desta forma, proponho que o governo implemente, sob a forma de lei, uma dessas duas medidas:

1. Todos os brasileiros passam a ser obrigados a dormir 8 horas por noite. Nenhum minuto a mais, nenhum minuto a menos. Será a era da igualdade de sono;

ou

2. Todos os brasileiros passam a ser obrigados a passar 8 horas por noite na cama, mesmo que acordados. E não podem ligar o computador, nem mexer no celular. Só podem ficar olhando para o teto, sem pensar em trabalho.

Entendo que a adoção de uma dessas leis será um grande passo em direção à igualdade que tanto almejamos.

terça-feira, 22 de agosto de 2017

5 anos para o fim

Nas minhas reflexões comigo mesmo, eu imaginava que o ocidente (e o modo de vida que conhecemos) teria mais 10 anos de existência, um pouco mais, um pouco menos.

Contudo, a velocidade da destruição surpreendeu até a mim, que sou sempre pessimista em relação ao futuro. E já revisei minha estimativa para 5 anos.

Há menos de duas semanas, ao acompanhar a destruição de estátuas de oficiais confederados nos EUA, Donald Trump perguntava retoricamente: "quem serão os próximos, George Washington, Thomas Jefferson?". A pergunta era retórica por ser impensável que isto viesse a acontecer. Pois bem, menos de duas semanas passaram, e os movimentos de "minoria" nos EUA já estão pressionando pela destruição de monumentos dos pais fundadores. Como ninguém é capaz de resistir a esses movimentos, os monumentos serão destruídos.

Qual será o próximo passo? A Constituição Americana. Sim, se os pais fundadores são tão deploráveis que não podem ser sequer objeto de estátuas, como pode o país todo se submeter a um documento escrito por eles? Então, acreditem, a Constituição Americana já era. E virá uma constituição de viés socialista.

Leio agora no Breitbart que  a onda de destruição de monumentos já chegou na Europa. E são os próprios europeus que estão destruindo.

Há dois, três anos, o ocidente assistia horrorizado a destruição de monumentos realizada pelo ISIS. Pois bem, neste breve período conseguimos retroagir a um nível de barbárie semelhante ao deles.

Então é o seguinte - o ocidente acabou (está perto do fim). Tudo o que você conheceu como modo de vida acabará junto com o ocidente. E não há para onde fugir.

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Democracia é uma farsa

O caso mencionado no post abaixo é uma boa evidência de como a democracia é uma farsa, um faz de conta.

Lei de imigração sequer foi pauta da campanha do Aloysio Nunes ao senado. "Se eleito, proporei a lei de imigração!", "A lei de imigração será minha prioridade no senado!". Nada. Foi um "não tema".

Mas ... uma vez eleito e empossado, a lei de imigração de torna sua principal bandeira.

Democracia é uma farsa.

Não há nenhuma correlação entre o candidato e o eleito.

Quando votar no PSDB é pior do que votar no PT

Discutia com um interlocutor sobre como Luciano Huck, que pretende entrar na política, é uma figura abjeta. Uma espécia de símbolo da artificialidade politicamente correta, fomenta em seu programa a ideia de que é só através da ajuda de outros (no caso, do programa) que se melhora de vida, e não através do sacrifício e esforço próprios.

Mas eu disse o seguinte: num eventual segundo turno entre Lula e Huck, eu seria obrigado a votar no Huck.

Meu interlocutor disse: "sim, às vezes é necessário tampar o nariz para votar no mal menor, já fiz isso quando votei no Aloysio Nunes Ferreira para tirar o Suplicy do senado".

Ao ouvir isso, pensei: será que meu interlocutor fez um bom negócio? Afinal, Suplicy (que bobo não é) parecia mais uma figura folclórica no senado, sem muita efetividade legislativa. Já Aloysio, ainda em seu primeiro mandato, já aprovou a lei de imigração, que na prática elimina as fronteiras brasileiras, abre os bicos das tetas estatais brasileiras para toda a miséria do mundo que quiser imigrar para cá, e os torna eleitores.

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Civilização em extinção

Do Flávio Morgenstern:

"Estamos vendo uma violência política em escala acentuada no Ocidente mais civilizado, provando que poucas coisas no mundo são mais frágeis do que a civilização."

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Castas de privilegiados criadas por lei

Desde que a sociedade ocidental entrou pelo caminho da autodestruição, o princípio de "todos são iguais perante a lei" (basilar) vai sendo corroído.  Hoje em dia já existe cotas para uma porção de situações. E não se iludam, muitas outras ainda virão.

Abro o informativo Veritae e me deparo com o que vai abaixo. Ou seja, nem perante a restituição do imposto de renda os brasileiros permanecem sendo iguais entre si. Professores garantiram (por lei) o direito de passarem à frente dos demais brasileiros. Em troca de quê? Em troca de nada. Aliás, Theodore Darymple escreve (em Podres de Tão Mimados) que a educação é a situação que consome mais recursos em troca de nada. Ele fala da Inglaterra. Imagine o Brasil...

"Projeto de lei que concede prioridade aos professores para o recebimento da restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) foi aprovado no dia (16) pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, em caráter conclusivo. Como o texto já foi aprovado pelo Senado, ele seguirá para sanção presidencial, a não ser que seja apresentado recurso para que ele seja apreciado pelo plenário da Câmara."


De True Evil, de Greg Iles

"That future was China, an ancient empire reborn as industrial superpower, a single-minded engine of economic expansion that cared nothing for ethics, the environment, loss of life, or the destinies of other nations. This insured that in a very short time, China would be locked in a mortal combat with the only other monolitic power on the planet. And the United States was woefully unprepared for this Darwinian battle for survival."


quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Geraldo Alckmin

Alckmin é um fenômeno a ser estudado.

Me parece ser um razoável administrador público. Também parece ser razoavelmente honesto (dentro do que a política permite de honestidade). E, penso, todas as vezes que se candidatar ao governo de São Paulo será eleito.

Em relação à prefeitura de São Paulo, contudo, já disputou duas eleições e em nenhuma delas chegou ao segundo turno.

Em âmbito nacional, teve o fiasco de 2006. Perdeu para Lula no auge do mensalão, teve menos votos no segundo turno do que teve no primeiro, e andou trajando uma jaqueta ridícula cheia de nomes de estatais.

Como governador de São Paulo, vivia a dizer que Dilma era uma grande presidente.

Dele nunca ouvimos uma afirmação brilhante, uma fala interessante, uma ideia original. Parece sempre teorizar sobre o nada. Se possui cultura, nunca demonstra. Parece não ter idéias. Não tem appeal eleitoral, não é marqueteiro. Não tem carisma. Não fala bem, não empolga. Enfim, pela lógica deveria ser um secretário, ou um ministro, mas nunca um candidato majoritário. Mesmo assim, o interior de São Paulo o adora.

E acaba aí. Alckmin tem tanta chance de ser eleito presidente, quanto eu tenho de ser contratado pelo Barcelona para substituir Neymar. Mas parece que ele não percebe isto. E ninguém próximo tem coragem de lhe avisar. Ao insistir na sua candidatura, pode tirar da corrida aquele que parece ser o único candidato com chances de derrotar Lula e salvar o Brasil (mais uma vez) do bolivarianismo.

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Fábio Assunção vai à guerra

Leio que Fábio Assunção vai se filiar ao PT.

Imagino que ao ver o prefeito João Dória combater o consumo de drogas em São Paulo, Assunção se assustou: "imagina se esse cara é eleito presidente. Não dá.".

Então decidiu se incorporar à tropa, filiar-se ao PT e entrar em combate junto com Lula (e tucanos), fazendo tudo o que puder para que Dória não seja eleito presidente.

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

O caso Google

Por esses dias, um funcionário do Google foi demitido porquê em memorando fez observações "inaceitáveis de estereótipos de gêneros".

Li hoje, no Breitbart, uma manifestação do CEO do Google sobre o caso. Percebi que o CEO é todo politicamente correto, e pisa em ovos para não "ofender" ninguém.

Ocorre que o politicamente correto é uma ditadura. E nas ditaduras as demonstrações de fidelidade nunca são suficientes. Isto significa que mais cedo ou mais tarde este próprio CEO cairá, abatido por aquilo que ele mesmo ajudou a disseminar. Ele está, de certa forma, cultivando a árvore que produzirá a madeira para o seu próprio caixão profissional.

Basta observar as ditaduras comunistas. Todos os companheiros mais entusiasmados (com pouquíssimas exceções, como Molotov) foram enviados ao paredão, afinal, suas manifestações de "pureza comunista" mais cedo ou mais tarde passavam a ser consideradas insuficientes. Desta forma, um membro da hierarquia assinava a sentença de morte de um companheiro, já sabendo que em algum momento futuro alguém assinaria a sua própria.

Mas o mundo (as pessoas) entraram de cabeça na loucura, e não serei eu que conseguirei trazê-las à razão. Resta assistir o processo destrutivo.

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Reforma trabalhista de mentirinha

Ficamos sabendo que a reforma trabalhista era de mentirinha. O imposto sindical foi extinto, mas ... não foi. É que o governo teria proposto fazer uma medida provisória para amenizar o impacto do fim do imposto.

Segundo a análise do Reinaldo Azevedo, o que está sendo discutido (para a tal MP) teria a possibilidade de inclusive aumentar o percentual do imposto sindical, em relação ao que já é confiscado atualmente.

Reinaldo tem uma outra proposta - que a tal MP transforme o fim do imposto sindical em algo paulatino. Fica igual no ano que vem, cai 50% em 2019, depois a 33% em 2020, 25% em 2021, e assim por diante, até zerar.

Bem, isso não vai funcionar, e imagino que o próprio Reinaldo sabe disso. Não vai funcionar porquê em outubro de 2018 tem eleição. E os candidatos serão pressionados pelas centrais sindicais para que, uma vez eleito um deles. interrompa o processo de redução então em vigor.

Se a lei ficar como está hoje, não haverá imposto sindical em março de 2019. Zero. E eu duvido que um presidente eleito tenha coragem de recriá-lo, pois todo o trabalhador perceberia que estaria voltando a pagar algo que já não estava pagando. E isto geraria indignação.

Pela proposta do Reinaldo, contudo, em 2018 o imposto sindical ainda seria 100%. Aí em janeiro de 2019 o novo presidente assume, e simplesmente interrompe o processo de redução. Ou seja, o que já estava em 100%, permanece em ... 100%. E sindicalistas e políticos ficam felizes. E o povo segue pagando a conta da festa, sem sequer perceber que foi enganado.

Seis famílias

As seis famílias que são as "donas" da informação e, consequentemente, da "verdade" no Brasil:

- Marinho;
- Macedo;
- Abravanel;
- Saad;
- Frias;
- Civita.

domingo, 6 de agosto de 2017

De Theodore Dalrymple

Sob a capa da similaridade cultural com as massas e do sentimento democrático, a nova elite vive uma vida tão distante da vida da grande maioria das pessoas do que a vida da aristocracia jamais esteve; na verdade, mais distante, na medida em que a aristocracia tinha que lidar com pessoas comuns em suas propriedades. Não foi por coincidência que o Sr. Tony Blair foi ao mesmo tempo o mais populista e o mais distante e inacessível dos primeiro ministros modernos.

Um elitista populista como a Sr. Blair não pode admitir em público, e talvez nem para si mesmo, que deseja acima de tudo viver no puro luxo, de modo tão diferente quanto possível das pessoas comuns, entre os ricos e famosos, de preferência sendo ele mesmo rico e famoso. Isso significa que ele tem de dar à sua ambição um verniz de propósito social e, ao fazê-lo, nega sua essência mesma, seu fons et origo. Uma retórica sobreaquecida, contorcionismos intelectuais e muitas formas de desonestidade são o resultado inevitável.

O sentimentalismo de massas ê um brinquedo nas mãos dos elitistas demóticos, que são uma elite apenas em sua disposição superior de recorrer às negras artes da manipulação e das disputas burocráticas.

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Lula ou Bolsonaro?

Ambos são:

- Autoritários;
- Estatistas;
- Contra a reforma da previdência.

E ambos possuem seguidores que ameaçam matar quem ousar criticar seus ídolos.


quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Reinaldo tinha razão?

Reinaldo Azevedo andou falando muitas bobagens em meses passados, e mesmo aqui neste blog foi bastante criticado. Muitas afirmações dele, que pareciam bobagens, se revelaram corretas com o passar do tempo.

Uma das coisas que ele afirmou foi que num eventual segundo turno entre Lula e Bolsonaro ele votaria em branco. Na época achei que isto era uma besteira. Não tenho mais tanta certeza...

terça-feira, 1 de agosto de 2017

A delação de Cunha

Segundo a lei Brasileira, um presidente da república, enquanto no exercício do cargo, não pode ser processado por situações anteriores ao mandato.

Considerando que Eduardo Cunha está preso desde que Temer assumiu a presidência, e que portanto só pode delatar fatos anteriores, como sua delação bomba atingiria Temer?

Mas no Brasil contemporâneo quem está preocupado com isso?


segunda-feira, 31 de julho de 2017

Brasil, um hospício travestido de país

O sujeito trabalhou na empresa menos de 3 anos. Entrou com ação trabalhista, como é a prática no país. A juíza decidiu condenar a empresa por danos morais. Valor da indenização? R$5 milhões. E para quem vai a grana? Para pagar salários atrasados de funcionários públicos do Rio. O que uma coisa tem a ver com a outra?

A fonte é o informativo Veritae:


"A juíza em exercício na 7ª Vara do Trabalho de Nova Iguaçu, Renata Orvita Leconte de Souza, condenou a Transportadora Tingua Ltda, sediada no município de Nova Iguaçu, ao pagamento de indenização por dano moral no valor de R$ 5 milhões, por flagrante desrespeito aos direitos humanos e à Soberania Nacional, determinando que a quantia seja revertida para pagamento de salários atrasados dos servidores públicos do Estado do Rio de Janeiro, por meio de transferência para ao Juízo da Vara de Fazenda Pública em que tramitam processos de cobrança de tais salários. A decisão foi proferida em ação trabalhista movida por um ex-motorista da transportadora, que alegou ter trabalhado na empresa de novembro de 2012 a abril de 2015, período em que teria deixado de receber horas extras e uma série de outros direitos. Afirmou nunca ter usufruído do intervalo intrajornada para refeição e descanso, pois estava sempre laborando. Relatou ainda ter trabalhado durante feriados sem receber o pagamento adequado. Declarou que muitas vezes não teve seu intervalo interjornada respeitado e solicitou adicional noturno que, segundo ele, nunca foi pago pela empresa. Pleiteou ainda dano moral pelo desrespeito, por parte da ré, dos direitos humanos mínimos, pelas jornadas excessivas e descaso com as normas de higiene e saúde."



Crime ambiental

A Editora Abril insiste em continuar me enviando gratuitamente e revista Veja. Neste fim de semana eu estava acamado quando o exemplar chegou e, como não fazia nada, passei os olhos pela edição. A conclusão foi só uma - é um crime ambiental seguir derrubando árvores para produzir papel para imprimir este lixo. Não serve nem para limpar o traseiro, pois o papel é liso.

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Aumento de impostos

A justiça deu decisão liminar suspendendo o aumento de impostos sobre os combustíveis. Mas esta decisão pode ser revista em instância superior, e o imposto cobrado. Então os donos de postos mantêm o preço do combustível majorado.

Digamos que lá na frente a justiça dê ganho de causa definitivo a eles. O que acontecerá? Os donos de postos procurarão cada uma das pessoas que abasteceram nos seus postos ao longo de meses, para lhes ressarcir os tributos indevidamente cobrados? Evidente que não. Nem é possível.

Então a conclusão é a seguinte - o consumidor paga o aumento de imposto de qualquer jeito. Se o governo ganhar, fica com a grana. Se os donos de postos ganharem, ficam com a grana.

Precisa matar mais brancos

Do UOL:

9 em cada 10 mortos pela polícia no Rio são negros ou pardos... - Veja mais em https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2017/07/26/rj-9-em-cada-10-mortos-pela-policia-no-rio-sao-negros-ou-pardos.htm?cmpid=copiaecola

domingo, 23 de julho de 2017

O Foro de São Paulo e a imprensa

A imprensa passou décadas afirmando que o Foro de São Paulo não existia. E chamava de paranoico qualquer um que ousasse dizer que existia sim.

De um tempo para cá, contudo, o Foro de São Paulo está nos noticiários, e tudo é apresentado com tanta naturalidade como se estivessem apresentando apenas a previsão do tempo.

O que aconteceu? A imprensa finalmente descobriu que o Foro existe?

Penso que a imprensa sempre soube da existência do Foro, e do seu projeto de implantar o socialismo no continente. Contudo, se isso fosse revelado nos anos 90, ou até no início dos anos dois mil, seria um choque. Imagine revelar para a população que existia um grupo liderado por Lula e Fidel, cujo projeto era implantar o socialismo no continente. Eleitores fugiriam do PT.

Contudo, hoje o assunto já não choca mais. A população está devidamente anestesiada. Até nos EUA, um dos candidatos favoritos à presidência era um defensor aberto do socialismo.

Portanto, falar sobre o Foro não representa mais nenhuma ameaça ao projeto socialista. Razão pela qual a imprensa, que antes de ser imprensa é comunista, não precisa mais esconder a sua existência.

sábado, 22 de julho de 2017

Delações reveladoras

Com a delação de Joesley Batista ficamos sabendo que os chefes do esquema de corrupção montado pelos governos petistas eram Temer e Aécio.

Agora, segundo a manchete abaixo, ficaremos sabendo que os chefes do Mensalão (que corrompia parlamentares para votarem a favor do PT) eram da cúpula do PSDB.

A essa palhaçada em curso os idiotas chamam de "combate à corrupção". Fora Janot! Fora Lava Jato! Fora procuradores canalhas! Fora ministros vermelhos do STF! Usam a boa fé dos idiotas para recolocar o Brasil no rumo da ditadura bolivariana.

Delação de Marcos Valério envolve Aécio, Serra, FHC e Lula, diz jornal

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Aumento de impostos

Propõe-se reforma da previdência.

- O povo é contra.

Funcionário público faz greve.

- O povo quer que o governo dê o aumento pretendido, para que os funcionários públicos tenham salario "justo e digno", e voltem ao trabalho.

Fala-se em privatização.

- O povo é contra.

Políticos roubam o erário.

- Segundo as pesquisas, Lula será eleito presidente na próxima eleição.

Fala-se em aumento de gasto público.

- O povo aplaude.

Aumenta-se impostos...

- O povo chia.

Mas, afinal, o que o povo quer? Nem o povo sabe. Mais uma evidência da insustentabilidade do regime democrático.

terça-feira, 18 de julho de 2017

Sergio Moro será executado?

Segundo Lula, Moro é um czar.

Lula é um comunista.

Lula chegará ao poder em janeiro de 2019.

Quando os comunistas chegaram ao poder na Rússia, executaram o czar e sua família.

Logo ... o futuro não sugere nada de bom para Moro e seus familiares...

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Rede Globo

Segundo a Record, Palocci delatará falcatruas da Globo. Eu não acredito, Palocci é um militante petista e não fará nada contra os interesses do partido. Mas se delatar, a cobertura no Jornal Nacional será assim:

- Delação de Joesley: é um marco no combate à corrupção, a justiça precisa ser feita, mesmo que contra os interesses dos poderosos.

- Delação do Palocci: o instituto da delação premiada é uma vergonha. Permite que criminosos escapem da cadeia fazendo falsas acusações contra gente honesta.

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Lula

Lula declarou: estado democrático está sendo jogado na lata do lixo.

Entendo. Afinal, quem esse tal de estado democrático pensa que é? Quer dizer que agora não dá mais nem para fazer uma corrupçãozinha em paz? O que é isso, companheiro?

Mas deixa estar, Lula. Dia primeiro de janeiro de 2019 você reassumirá a presidência e, como já avisou, colocará seus algozes na cadeia. E aí vai ensinar para esse povo todo o que é estado democrático. Provavelmente tomará por base o modelo venezuelano, onde "há democracia até demais".


Discordo

Reinaldo Azevedo está acertando praticamente sozinho tudo o que tem acontecido no Brasil.

Num ponto, contudo, discordo. ele diz que a condenação de Lula ocorre contra a prova material de que o imóvel pertence de fato à OAS, e não a Lula, o registro de imóveis em nome da OAS.

Fosse assim, não haveria o crime de ocultação de patrimônio. Pois uma forma de corruptos ocultarem seu patrimônio ilícito é justamente deixar bens formalmente em nome de terceiros. Esses terceiros são até chamados de .... laranjas (expressão bem antiga).

Condenação de Lula

Gostei, claro. Mas para ter qualquer efeito prático (prisão e suspensão de possibilidade de disputar eleição) ela precisa ser confirmada em segundo grau. Chance disso acontecer antes da próxima eleição? Acho que é remota.

Mas o Brasil é um caso perdido. Sem esperança. De forma que a única maneira de impedir que Lula não seja o próximo presidente seria a condenação em segundo grau, para que ele não dispute a eleição. Porquê se ele disputar a eleição, o povo votará. E se ele não disputar, é possível que o povo vote em quem ele mandar votar.

E não é só o povão, não. Estive ontem com dois advogados, sócios de duas bancas de razoável tamanho, que só prestam serviços para empresas, e durante nossas discussões descobri quem ambos anseiam pela volta do PT ao poder. Além disso, ambos acreditam que a reforma trabalhista aprovada deixará os pobres sem a proteção estatal adequada para enfrentar os patrões malignos, assim como acham que só é possível ficar rico explorando pobres (excetuado o caso pessoal deles, claro).

terça-feira, 11 de julho de 2017

Fica Temer!

Se houvesse bom senso no Brasil, Temer ficaria, terminaria o mandato (falta só 1 ano e pouco), e depois disso seria processado, se houvesse prova de crime. Neste período, aprovaria as reformas.

Mas não há. Globo e PT (PT = PT + JBS + PGR + STF) decidiram que ele tem que cair, e ganharam o apoio engajado dos "anti-corrupção" não petistas.

Onde vão encontrar o honesto para colocar no lugar do Temer?

Lula?
Rodrigo Maia?

Risos.

Qualquer figura pública atual terá podres escondidos. Infelizmente.

Então a queda de Temer significará simplesmente a troca de um suposto corrupto por outro, mandando as reformas às favas, e fazendo a vontade da Globo e do PT.

É tão difícil entender isto?


A Globo a serviço do PT

Enquanto os presidentes eram Lula e Dilma, a Globo não via nada de errado.

Agora que é Temer, a poderosa empresa decidiu derrubá-lo. Para recolocá-lo (o poder) no colo de Lula.

Rodrigo Maia, o idiota útil da vez, acredita que será o presidente.

De idiota em idiota o Brasil vai se aproximando do fundo do poço.

Mas para ter uma ideia de quem manda, de onde está o poder real, Rodrigo Maia foi até a residência de um diretor da Globo tramar o golpe. Não é o diretor da Globo que vai à residência do presidente de câmara.



sábado, 8 de julho de 2017

Democracia de destruição em massa

Assistia ontem alguns minutos de TV quando entrou no ar uma propaganda do REDE. Na tela, com um sorriso de sabedoria nos lábios, Marina Silva falou que não é verdade que a Lava Jato impede a retomada do crescimento.

Qual a base de Marina Silva para fazer tal afirmação?
Qual a sua experiência?
Que riqueza Marina Silva gerou na vida (riqueza de produção)?
Quantos empregos Marina Silva gerou na vida?
Quantas empresas Marina Silva criou na vida?
Quando Marina Silva empreendeu na vida?

Sabemos as respostas para as perguntas: nenhuma, nenhuma, nenhuma, nenhum, nenhuma, nunca.

Marina Silva é uma típica cria da democracia. Alguém que não sabe nada sobre nada, mas que, impulsionada pelo voto e por suas falas, almeja alcançar o comando da nação. Se um dia conseguir, produzirá mais miséria, destruição e desgraça. Como seu clone gordo, a Dilma.

Assim é a democracia. Milhões de pessoas dão o seu suor, todos os dias, e carregam esse país nas costas. Mas elas não têm vez. São os inúteis, são as nulidades, são as Marinas que a democracia coloca no poder.

A democracia, desta forma, se transformou em arma de destruição em massa.

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Cenários para o futuro do Brasil

1. Temer cai.
2. Esquerda e Globo conseguem antecipação das eleições. Lula eleito.
3. Não conseguem a antecipação das eleições. Brasil ingovernável até a posse de Lula, em 1/1/19.
4. Lula será um ditador bolivariano, pois as instituições que poderiam contê-lo foram destruídas pela Lava Jato.
5. O PSDB, como sempre, será a oposição mais a favor do mundo.
6. No meio do caminho pode até haver um ingênuo útil chamado Maia, acreditando que é alguém no mundo da política.
7. Mesmo que, por um milagre, Lula não seja eleito, o eleito não governará. Sempre haverá um Joesley, Globo e PGR para destruir seu governo. Agora que eles descobriram o caminho.

PSDB é braço do PT

Ao longo dos 13 anos de governos petistas a postura do PSDB sempre me deixou  estarrecido. Nunca consegui entender as atitudes dos membros do partido. Havia apenas uma explicação que, apesar de absurda, conferia sentido a tudo - o PSDB era um mero braço do PT, criado para disputar e perder eleições, e assim preservar a farsa chamada democracia no Brasil. Ou seja, vivíamos uma ditadura petista, mas com aparência de democracia, pois com "eleições".

Se havia ainda alguma dúvida em relação a isto, ela se dissipou. O PSDB atua na linha de frente para derrubar Temer e recolocar Lula no poder.


quinta-feira, 6 de julho de 2017

O Brasil é um clube

O Brasil é um clube, criado para ser usufruído por políticos, funcionários públicos, mega empresários e artistas amigos.

Nós, o povo, somos apenas a engrenagem que precisa trabalhar para manter a roda girando.

terça-feira, 4 de julho de 2017

Do Reinaldo Azevedo, sobre o PSDB

Que coisa! Nem o mais pessimista dos analistas apostaria que a crise do petrolão e a derrocada do governo petista acabariam levando o PSDB à extinção.
Extinção? É. Como leitura da realidade, o PSDB acabou. A muitos falta a necessária convicção. A um número ainda maior, falta responsabilidade. Apesar de algumas mentes brilhantes que por lá sobraram.

Como o Brasileiro pode ser tão burro?

Vejo agora, no UOL,  que mais um mega corruptor apontou suas baterias contra Temer.

Então ficamos assim - esses mega corruptores nunca roubaram tanto quanto nos governos petistas. Esses mega corruptores multiplicaram por N vezes o faturamento de suas empresas durante os governos petistas.

Mas o grande corrupto do Brasil era o Temer...

Sei.

E da forma como estão modelando suas "delações", estão preparando o terreno para a volta do PT ao poder. E para continuar a farra.

Como pode alguém ser tão burro a ponto de não entender a obviedade do que está em curso no Brasil?

Meta corruptores, PGR, STF, Globo e Veja se uniram para recolocar no poder (em 2019, ou antes, se possível) o maior esquema de corrupção da história do mundo. E a população "esclarecida" a tudo assiste, aplaude, e chama de "faxina". Meu Deus!


segunda-feira, 3 de julho de 2017

Uma aberração chamada Brasil

Sob qualquer aspecto que se analise, o Brasil é uma aberração.

Um cliente meu, que está implantando um negócio novo no Brasil, precisa, para continuar operando, de uma autorização da autoridade pública.

A autoridade avaliou os números da empresa (que existe há menos de três anos), e indeferiu a solicitação pelo fato de que neste período a empresa ainda não apresentou lucro.

Procuramos a autoridade para explicar que com novos negócios é assim mesmo. É produto novo, o mercado não conhece, então precisa de tempo para primeiro formar o mercado, apresentando o produto.

A autoridade foi irredutível. Disse que a empresa já deveria ter dado lucro, e ponto. Até questionamos se a autoridade não desejaria então largar seu emprego de funcionário público e assumir o posto de CEO de start ups. Como a capacidade de torná-las lucrativas em tão pouco tempo, seu salário de funcionário público seria substituído por milhões de reais por ano. A autoridade declinou.

Então ficamos assim, se Jeff Bezos tivesse escolhido o Brasil para criar a Amazon, uma das maiores empresas do mundo, a empresa simplesmente não existiria. Afinal, no seu início ficou uns 20 anos sem dar lucro, e isto não seria aceito pelas nossas autoridades burocráticas.

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Democracia de faz de conta

Leio que a ultra vermelha PGR entrou no STF com ação de inconstitucionalidade contra a lei de terceirizações.

PGR e STF formam atualmente a frente de defesa do atraso no Brasil, enquanto esperam a volta do seu líder ao poder.

A democracia no Brasil é de faz de conta. O povo pode votar e eleger representantes. Os representantes podem votar leis. Se tais leis forem contra os interesses da burocracia comunista, serão questionadas e derrubadas pelo Supremo vermelho. Quem manda de fato no país é a ditadura vermelha.

Aliás, a Globo entrou de corpo e alma no processo revolucionário vermelho. Seria Willian Bonner o Che Guevara tupiniquim?

sábado, 24 de junho de 2017

Nunca fui entrevistado por instituto de pesquisa

Conheço pesquisas só de ouvi falar, das manchetes midiáticas.

Era assim na época em que as pesquisas apontavam a aprovação de Lula em 95%.

É assim agora, quando as pesquisas apontam a aprovação de Temer em 7%.

Nunca na vida (quase 50 anos) fui entrevistado por instituto de pesquisa.

A esquerda comuna se fortalece nas adversidades

Lula era só um presidente medíocre, à frente de um governo medíocre.

Aí veio o Mensalão. E o principal resultado do escândalo foi o surgimento do Super Lula, imbatível nas urnas, imbatível em popularidade, "melhor" presidente da história deste país.

Sem o Mensalão é possível que Lula não tivesse nem sido reeleito em 2006.

O que parecia ser a sua ruína acabou sendo seu super elixir.

Muda para 2015/2016, e a esquerda caminhava para sua sepultura. Ninguém aguentava mais tanta incompetência, roubalheira e soberba. O ápice foi a queda de Dilma.

Mas eis que ... a esquerda perdeu a vergonha. Se escancarou. Cobriu os muros das cidades com pichações de foices e martelos, de "morte ao imperialismo", de "viva a revolução". Artistas, intelectuais, juventude, empresários bilionários, Globo, Veja, todos entraram na onda, e o resultado aí está - em 2018 será eleito um esquerdista, provavelmente Lula. Voltarão ao poder nos braços do povo. Para transformar de vez o Brasil em Venezuela.

Neste ínterim, PGR e STF se colocaram fora e acima da lei. Prepararam o terreno para a tirania. Agora só falta a parte do povo, que é eleger o tirano.

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Aqui jaz

Coisas que desapareceram do noticiário policial:

- Petrolão;
- Delação de João Santana;
- Delação de Palocci;
- PT;
- Lula;
- Perícia na gravação do Joesley.

Obra da ditadura vermelha implantada por PGR / STF, com apoio da Globo e da Veja. Mas os homens de preto não implantaram a ditadura para governarem. Implantaram para entregar o poder para o verdadeiro chefe tão logo quanto possível.



quinta-feira, 22 de junho de 2017

Ditadura

Durante anos temi a ditadura bolivariana no Brasil, e acho que ela ainda virá.

Muitos dos passos dos desgovernos Lula/Dilma eram preparatórios do ambiente para implantar a ditadura. Mas cada passo desses era rebatido principalmente pela Veja, e por alguns jornalistas que preservaram sua independência.

Mas eis que de repente, numa canetada só, a dupla PGR - STF implantou a ditadura do judiciário no Brasil. Num só ato. E sem gritaria de resistência (exceção do Reinaldo). A Veja está engajadíssima.

O primeiro ato da nova ditadura foi transformar Joesley em herói nacional. Bem ao estilo soviético, os heróis nacionais são aqueles que servem ao regime.

Bandido com torcida

O recente caso de delação do maior bandido da história do Brasil trouxe uma novidade - o bandido com torcida.

Ficamos com muita raiva quando um assaltante leva a nossa carteira (já levaram a minha). Mas o maior bandido da história do Brasil roubou um pouco da carteira de cada brasileiro. Todos fomos indiretamente roubados. E o sujeito já é quase um ídolo pop.

Perdoado pelas instituições que deveriam puní-lo, leio nos comentários feitos nos blogs que sua torcida não vê nada de imoral nisto. E ficam com raiva de qualquer um que sugira que o maior bandido da história do Brasil deveria ser ... punido. É uma síndrome de Estocolmo em escala nacional. Provavelmente inédita no mundo.

O bandidaço está livre, leve, solto, e rico. E hoje é ele quem está dando as cartas na política nacional, contando seletivamente suas histórias. Daqui alguns meses seu melhor amigo estará de volta na cadeira de presidente da república. E o bandidaço seguirá multiplicando seu patrimônio às nossas custas. Se lá na frente a casa cair de novo, ele faz delação, fica livre, e recoloca o amigão na presidência.

O fato é que STF e PGR já deram um golpe. Um "soft coup", como se diz em inglês. A única forma de Temer enfrentar um golpe seria com outro. Chance disto acontecer? Nenhuma.


quarta-feira, 21 de junho de 2017

O pântano contra ataca

Assim como nos EUA, contra Trump, no Brasil o pântano também contra ataca.

Percebendo a possibilidade de aprovação da reforma previdenciária, e o fim das aposentadorias nababescas, o pântano reagiu. Aliado a empresários que ficaram sem a grana do BNDES, contra atacaram com tudo.

E o miserável, que se aposentará com um salário mínimo, se tanto, assiste às "denúncias" no Jornal Nacional e vibra.

Porquê a luta armada deu errado no Brasil

Lendo o livro O Cofre do Dr. Rui, de Tom Cardoso, fiquei sabendo que o papel de Dilma Russef (que já apresentava o "perfil de gerentona") era a organização logística do seu grupo terrorista. Finalmente entendi porquê a luta armada foi um fracasso no Brasil.

terça-feira, 20 de junho de 2017

Reforma trabalhista ainda tem chance

Eu tomei a notícia de rejeição numa comissão do senado como morte definitiva.

Da mesma forma o mercado de ações, que despencou no exato instante em que o texto foi derrotado.

Mas ainda irá a plenário, e, dizem governistas, a chance de aprovar é grande.

Reforma da previdência, contudo ...

Brasil, eterno espectador

Era maio, e tudo indicava que as reformas seriam aprovadas. Aí entra em ação a frente golpista (PGR - STF - Globo - Veja), e tudo ficou incerto.

Os mais otimistas ainda diziam - pelo menos a reforma trabalhista vai passar.

Não vai. Comissão do senado acaba de rejeitá-la.

Brasil seguirá sendo mero espectador do progresso.

Todos aqueles que dependem da pobreza para sobreviver (mesmo que politicamente) vibraram.

Operação destrói Temer

Acredito que perante boa parte da classe média a operação "Destrói Temer", promovida pela frente Golpista PGR - STF - Globo - Veja, já caiu um pouco no ridículo. A frente golpista forçou demais a mão.

Então, por qual razão a operação segue?

Eu diria que pelas seguintes razões:

1. O congresso nacional é um ajuntamento de covardes. Morrem de medo de jornalistas. Então a frente golpista não abandonou a hipótese de um eventual impeachment de Temer;

2. Mesmo que o impeachment não ocorra, a frente golpista precisa colar em Temer, PMDB, PSDB e aliados o selo de corruptos na cabeça do povão;

3. Mesmo que Temer siga no governo, é preciso impedí-lo de de governar, afinal a frente golpista não permitirá que o Brasil tenha a chance de acertar seu rumo;

4. Atingido o objetivo 2, sobrará para a eleição de 2018 um único puro - Lula, aquele que não é mais nem notícia de rodapé no noticiário sobre a corrupção.

Conclusão - mesmo que a frente golpista não consiga derrubar Temer, ela atingirá seu objetivo estratégico em outubro de 2018, com a eleição de Lula. E em janeiro de 2019 Lula mandará abrir novamente as torneiras do BNDES para os empresários companheiros. Enquanto os desdentados celebrarão nas ruas a sua posse.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

13 anos de transe

Descobri neste fim de semana que passei 13 anos em transe.

Acreditei que durante o período compreendido entre 2003 e 2016 quem dava as cartas na política brasileira era o PT. E sempre pensei que seu líder supremo era Lula, devidamente assessorado por Dirceu.

Descubro agora, a partir do "noticiário" das Organizações Globo, que o chefe real era Temer. Devidamente assessorado por Aécio. Lula só parecia ser o líder. Para consumo público.

domingo, 18 de junho de 2017

Agradecimento público à Clinipam

Minha avó faleceu na manhã de ontem.
Seu plano de saúde era Clinipam.
Numa época em que a prestação de serviços em geral se transformou em mera pilantragem marketeira, onde os prestadores vendem sonho e entregam pesadelo, é surpreendente encontrar um prestador de serviços digno.
Mas é o caso da Clinipam. Nos últimos anos minha avó passou por várias internações, cirurgias, uma infinidade de exames e consultas. A Clinipam sempre respondeu prontamente. Nunca recusou nada, nunca enrolou. Esteve sempre junto, apoiando. O atendimento em seus hospitais próprios sempre foi impecável e imediato, e seus funcionários sempre atenciosos. A Clinipam fez todo o possível para preservar a vida da minha avó. Infelizmente, os problemas da idade se acumularam, e o fim chegou. Mas deixo aqui este agradecimento público a toda equipe da Clinipam.

Entrega a Globo, Temer!

Nossa recuperação da economia, que Temer estava conduzindo, já foi para o espaço.

O que teremos que decidir agora é se aceitaremos, ou não, nos submeter a uma ditadura dos três irmãos Marinho.

Eu não aceito.

Fica Temer!

Convoque rede nacional e narre ao Brasil a podridão representada pelas Organizações Globo. Faça na TV a sua delação. De preferência antes do fantástico.

sábado, 17 de junho de 2017

Entre Temer, Globo, Joesley e Veja

Sou Temer. Sem pestanejar.

Joesley é o maior beneficiário do governo do PT.

A Globo evacua seu lixo sobre a população brasileira há 5 décadas.

E a Veja pertence a traidores da memória do pai.

sexta-feira, 16 de junho de 2017

O maior erro de Temer

O maior erro de Temer foi ousar tentar colocar o Brasil no rumo certo.

E isto é imperdoável pelas forças progressistas (tanto midiáticas, quanto togadas e partidárias).

Se Temer é corrupto, as forças progressistas conviveram bem com este aspecto da sua biografia ao longo de três décadas de vida pública. Mas ousar fazer o Brasil dar certo? Aí não! Temer foi longe demais.

Filhos traidores

Os filhos de Roberto Civita eram executivos do Grupo Abril. Nesta condição, participaram de uma infinidade de reuniões com seu pai, para tomada de decisão, para avaliação de status, para definição de estratégia, etc.

Durante os governos do PT Abril esteve sob o porrete do governo e da esquerda em geral. Até sob a asfixia financeira, pois os anunciantes eram pressionados para não anunciar. E a editora nunca se vergou. Imagino que este tema foi pauta de várias reuniões de cúpula, mas a decisão sempre foi por se manter fiel aos princípios, independentemente das consequências.

Quando chegou a hora de Roberto Civita, imagino que partiu ao menos com a confiança de que deixava sua empresa em boas mãos.

Mas não demorou muito até que seus filhos entregassem aos comunistas aquilo que o pai tanto lutou para preservar. E de graça.

Ser pai implica em vários riscos. Inclusive o risco de criar traidores dentro do próprio lar.

Um idiota chamado FHC

Na história deste blog deve haver ao menos umas 10 postagens com este título, afinal FHC nunca nos decepciona. A gente espera que ele produza m., e ele produz m.

Para a esquerda, FHC é possivelmente o ser mais vil que já andou sobre a terra, um "direitista neoliberal" representante dos interesses das elites, inimigo do povo, inimigo dos pobres, destruidor do Brasil, entreguista, etc., etc. Mas toda a vez que FHC fala uma m. (e ele as fala em quantidade) a mesma esquerda o trata como uma voz sensata a ser ouvida.

Mais ou menos com age em relação à Igreja Católica. A esquerda a odeia, mas ama os chiliques de comunismo do papa comunista.

Poderoso chefão blindado

Acredito que honestidade e a presidência do PMDB são situações incompatíveis. E olha que fui filiado ao partido. Acho que ainda sou, nunca fui lá dar baixa na minha ficha (me filiei na década de 80). Então, obviamente, deve haver muitos podres no passado de Michel Temer.

Nada disso, contudo, o impediu de ser aclamado como candidato a vice na chapa de Dilma em duas oportunidades. Nada disso impediu a imprensa de achar tudo lindo entre 2010 e 2014.

A frente golpista, formada por PGR, STF, e imprensa (principalmente Globo e Veja) começa a derrubar a casa de Temer justamente no momento exato em que o país dava os primeiros sinais de que começava a sair do fundo do poço econômico. Coincidência? Por quê não investigaram Temer antes, muito antes? Por exemplo, na época em que o PT o escolheu para vice?

Leio na golpista Veja (no site) que Funaro, operador de propinas para o PMDB, vai delatar Temer. Se o fizer, a situação para Temer o para o Brasil ficará bem mais complicada e incerta. E vivemos tempos em que palavra de delator é prova. Basta acusar. Não precisa provar nada do que fala.

Por outro lado, os operadores do PT (Delúbio, Mantega, Palocci, Dirceu & Cia) jamais delatam o seu chefe, nosso futuro presidente e ditador bolivariano. Aliás, a frente golpista parece não ter atualmente nenhum interesse sobre o envolvimento do poderoso chefão em esquemas de corrupção.

quinta-feira, 15 de junho de 2017

A máquina de falar m. chamada FHC

Deve entrar para os anais da história da humanidade, FHC é o sujeito que mais produz m. verbal.

Agora a máquina entrou novamente em ação, para atacar Temer. E a golpista Veja colocou as porcarias ditas por FHC como manchete principal, como se suas porcarias fossem uma grande sabedoria. Para a golpista Veja importa apenas que o produtor de m. estava alinhado com o projeto golpista.

O mesmo FHC que quer a renúncia de Temer é aquele que em 2005, em pleno mensaláo, defendeu que Lula deveria continuar no poder.

terça-feira, 13 de junho de 2017

Judiciário

Há pouco minha esposa narrava que presenciou, na rua, a dura luta de dois policiais para prenderem um assaltante. Provavelmente drogado, estava muito forte, e deu muito trabalho aos policiais, produzindo até cenas de pastelão. Ouvi a história, e reagi automaticamente: "ficará algumas horas na delegacia, e um juiz já mandará soltá-lo".

É uma resposta automática, decorrente da realidade presenciada ao longo de anos. Afinal, não existe o dito popular de que "a polícia prende e a justiça solta"?

Não há uma corrente de juízes que quer os presos soltos, em função da superlotação nos presídios?

Pois bem, este mesmo judiciário que solta bandidos virou, no imaginário popular, o implacável combatente da corrupção. A ponto de receber da população um passe livre para todos os tipos de irregularidades, desde que praticadas no "combate à corrupção".

Chico Alencar ressuscitou

Vivemos 13 anos atolados na maior sequência de escândalos de corrupção da história do mundo. E a esquerda toda quietinha.

Lembro de uma entrevista, há vários anos, da Cristiane Torloni. Acho que foi para a Ana Maria Braga. Lá pelas tantas ela se exaltou com o estado de coisas, e disse algo como: "nós precisamos fazer alguma coisa, as pessoas do bem precisam reagir. Vamos lá, Chico Alencar".

E Chico permaneceu quietinho, nada abalava seu silêncio.

Mas eis que agora Chico ressuscitou, e está todo assanhado. Aparece tanto no jornalismo da Globo que só falta começar a receber salário da emissora. O Chico Alencar implacável com a corrupção ressuscitou.

O Brasil vive na idade da pedra?

Vai fazer um mês que a PGR, o STF e a Globo lançaram o golpe para derrubar Temer.

E a perícia da gravação?

O Brasil vive na idade da pedra? Não temos condições técnicas de, em 30 dias, determinar se uma gravação sofreu, ou não, edição?

Ou o resultado da perícia já existe e está escondido? Para manter a pressão golpista na imprensa.

Brasil, um país terminal

Se uma delegação de ETs passasse pelo Brasil hoje, retornaria ao seu planeta com a seguinte convicção: Temer é o maior criminoso da história política nacional, um verdadeiro "chefe de organização criminosa", como irá denunciar a PGR tirânica.

Afinal, o verdadeiro chefão do maior esquema de assalto ao estado da história do mundo não é mais nem nota de rodapé no noticiário sobre corrupção.

Enquanto isso, idiotas úteis, em bando, aplaudem as ações dos togados. "Temos que acabar com a corrupção", urram, enquanto o chefão prepara sua próxima eleição.


Políticos X Togados

Políticos, ao menos, se submetem ao voto.

Juízes e procuradores se submetem, no máximo, aos "likes" dos idiotas nas redes sociais.

Políticos corruptos podem não ser reeleitos.

Já uma tirania dos togados seria apeada do poder como?

segunda-feira, 12 de junho de 2017

O Brasil virou um show de horrores

O Brasil não tem mais o direito de existir.

Procuradores, STF, Globo, Veja, e um bando de idiotas que aplaudem a própria morte decidiram que o país não tem mais o direito de existir. Nem gado entra no abatedouro aplaudindo.

O caos é permanente. E não se iludam, se Temer cair e entrar outro no seu lugar tudo seguirá igual, afinal quem na política não possui telhado de vidro. A frente golpista só se acalmará se o ungido for alguém aceito por eles.

Procuradores e STF não atuam mais no interesse do Brasil. Se atuassem, haveria muito trabalho a ser feito. Atuam em função de seus próprios interesses escusos.

E o país não consegue ter um só dia de paz. É solavanco todo dia. E a economia fazendo água, os desempregados seguindo sem emprego, os empregados ameaçados, a bolsa caindo, o investimento represado. E nada de reformas.

A frente golpista formada por procuradores, STF, Globo, Veja e idiotas decidiu que o Brasil não tem mais o direito de existir. Mas procuradores e ministros possuem o deles garantido. Os donos da Globo são bilionários. Os donos da Abril são multimilionários. E os idiotas são só idiotas.

sábado, 10 de junho de 2017

Inadmissível?

Leiam a manchete da Veja, integrante da frente golpista. Comento na sequência.

Inadmissível”, diz Cármen Lúcia sobre ofensiva contra Fachin


Comento: Como assim, Carmem Lúcia? E a ofensiva contra o presidente da república é admissível? Com gravação não periciada? Juízes agora são deuses, e não podem ser questionados? O judiciário deve estar acima da lei?


Canalhas do Ministério Público Federal

Enquanto uma ala do MPF se dedica à tentativa sem precedentes de derrubar o presidente da república, atendendo a, sabe-se lá, quais interesses escusos, outra ala se dedica a tentar punir Raquel Shereazade por "excesso de liberdade de expressão".

Infelizmente muitos, muitos mesmo, caem no conto de que os procuradores são "bonzinhos", e "só querem a punição de corruptos". Quando essa gente toda abrir o olho, talvez já seja tarde demais.

4 Ministros do TSE foram heroicos

A chapa Dilma cometeu todos os tipos de crimes eleitorais? Não tenho dúvida.
Merecia ser cassada? Com certeza.

Mas de que valeria a cassação a esta altura, quando a principal beneficiária do esquema criminoso já caiu?

Só para punir o país, gerando mais incerteza, mais instabilidade econômica, e realizando os desígnios golpistas de Janot - Fachin - Globo - Veja & cia.

Portanto, os ministros que votaram pela preservação do mandato do Temer foram heroicos. Heroicos porquê colocaram os interesses do país acima dos seus interesses pessoais. Poderiam ter votado pela cassação e corrido prá galera. Mas não. Preferiram comprometer suas biografias, a permitir que o país afunde ainda mais.

Assim agindo, nos garantiram ao menos a segunda feira de tranquilidade. Na terça a frente golpista já deve voltar à carga.

sexta-feira, 9 de junho de 2017

O Alquimista

O Alquimista está 100% alinhado na pressão jornalística pelo "Fora Temer".

Seus proprietários devem estar alinhados com os meta capitalistas que apostaram (grana) pesado no caos econômico decorrente da queda do presidente, e agora precisam a qualquer custo produzir o resultado esperado.

Mas não se preocupem, Alquimistas. Se o TSE falhar em cumprir seus desígnios, ainda restarão Janot e o companheiro Fachin.

A lenta (ou nem tanto) morte do Brasil

O governo Lula criou as cotas nas universidades federais. Para mim, sempre pareceu claro que se tratava de uma inconstitucionalidade, afinal a constituição estabelece que todos são iguais. E se todos são iguais, não pode haver reserva de mercado.

Mas, enfim, a norma foi criada, e o DEM entrou com ação de inconstitucionalidade no STF. Qual seria a chance, hoje, de um partido político entrar com uma ação de inconstitucionalidade questionando cotas? Nenhuma, zero. Ou seja, em poucos anos os partidos preferiram se silenciar, mesmo que algo contrarie seus princípios, a parecerem politicamente incorretos. Ponto a menos para nossa democracia e para o nosso debate de idéias.

Bem, a questão chegou a julgamento e provocou debates na sociedade, na imprensa e no STF. Acabou prevalecendo na corte o entendimento de que, na média, os negros tinham acesso a escolas públicas de baixa qualidade e, portanto, chegavam em condições desiguais para a disputa da vaga universitária. E as cotas seriam a forma de equilibrar esta desigualdade. Nossas autoridades não demonstraram nenhuma simpatia para com os brancos pobres que estudam em escolas públicas de baixa qualidade. Nossas autoridades não concluíram, também, que se o problema era a qualidade da escola pública, era preciso melhorá-la. Não, para nossas autoridades bastaria criar cotas universitárias para negros, e tudo estaria resolvido.

Pois bem, alguns anos se passaram, e o governo Dilma criou cotas para negros no serviço público. Flagrante inconstitucionalidade, afinal a constituição estabelece que todos são iguais, de forma que não pode haver reserva de mercado.

Desta vez, porém, ninguém ousou entrar com ação de inconstitucionalidade. Em poucos anos, o país empobreceu em termos intelectuais, e de coragem de afirmar princípios.

A OAB, contudo, entrou com ação de constitucionalidade, ou seja, pedindo que o STF declarasse a constitucionalidade da lei.

Bem, se o argumento anterior era que a baixa qualidade da escola pública deixava o negro em condição desigual de competição pela vaga universitária (e o branco pobre?), qual seria a desigualdade entre brancos e negros agora que ambos conquistaram o diploma universitário, nas mesmas universidades, e podem disputar as melhores vagas do serviço público?

O assunto chegou a julgamento, e foi concluído ontem. Desta vez não houve debates. Nem na sociedade, nem na imprensa, nem entre os ministros do STF. Por decisão unânime, os ministros entenderam que as cotas para negros no serviço público são constitucionais em função de um tal dever de reparação histórica. Qual a base constitucional disto?

Mas o ponto deste texto é o seguinte: na minha visão são duas leis ruins e inconstitucionais (cotas nas universidades e no serviço público). Mas a primeira, ao menos, gerou debates, e um partido político se manifestou contra. Em relação à segunda, nada. Absolutamente nada. Em poucos anos, nossa sociedade (inteira) se ajoelhou ainda mais no altar da ditadura politicamente correta. Imaginem o que acontecerá quando o Deus desta seita retomar o poder na próxima eleição...

quarta-feira, 7 de junho de 2017

O Alquimista

É ético existir uma site de notícias que pertença a uma empresa de orientação de investimentos?

Como é possível garantir que o viés, a toada, da cobertura de tal site não estaria alinhada aos desejos da consultoria de investimentos?

Por exemplo, a consultoria de investimentos pode prever o caos que ocorrerá no mercado se o presidente cair, e orientar os investimentos dos seus clientes neste cenário, para que ganhem dinheiro no caos. E pode então mandar voltar todas as baterias do seu site de notícia contra o presidente, fazendo pressão pela sua queda. Se desse certo, seria quase uma profecia autorealizável, e a tal consultoria de investimentos seria alquimista - transforma notícia em ouro.

A liberdade é muito barata

Diversas possibilidades de regime ditatorial nos rondam (declarado, ou não):

- Uma ditadura dos togados, como parecem querer impor juízes e porra loucas da PGR. Os mega salários do funcionalismo público parecem querer o poder total;

- Uma ditadura bolivariana, como prometem Lula e demais esquerdistas, caso vençam a próxima eleição presidencial, seja ela quando for;

- Uma eventual ditadura militar, embora eu ache esta possibilidade absolutamente improvável.

Mas cada uma dessas possíveis ditadura possui suas gigantescas torcidas - os lavajatistas, os esquerdistas, e os saudosistas do regime militar. Incrível como estão prontos para abrir mão de sua liberdade. Para esses milhões de seres, a liberdade é barata. Na verdade, não vale nada. Estão prontos para se ajoelhar no altar do seu Deus.


segunda-feira, 5 de junho de 2017

Cretino

Vejam a afirmação de Deltan Dallagnol, que está publicada no Twitter do Felipe Moura Brasil:

Deltan Dallagnol: Brasil é "chantageado" a aceitar corrupção em troca de "estabilidade"

Comento: Deltan Dallagnol é funcionário público e, portanto, goza de total estabilidade. Chova ou faça sol, todo o dia 30 o dele está na conta. É fácil chutar a estabilidade que os outros precisam para sobreviver, quando a sua própria já está garantida. Cretino!


domingo, 4 de junho de 2017

Brasileiro, otário, gosta de ser roubado

Segundo pesquisa, 63% dos brasileiros acham que Joesley deveria estar preso. Logo, concluo que 37% dos brasileiros acham que depois de esfolar o país, Joesley deveria mesmo ficar solto.

Ah, daqueles que já decidiram em quem votar para presidente a maioria vai de Lula...

sábado, 3 de junho de 2017

Revista Veja, a nojenta

Acessei há pouco o site da nojenta, e vi que a capa é mais uma pedrada em Temer. Partidos de esquerda, PGR, STF e mídia não sossegarão enquanto não derrubarem o presidente. E jogarem o país no abismo. E junto com ele as pessoas que precisam trabalhar para viver.

Um pouco abaixo, no mesmo site, a manchete: "Lula não aceita eleição indireta nem se Jobim for o candidato".

Ou seja, para a nojenta Temer é corrupto, e tem que cair. Já Lula é um juiz moral válido para o processo político brasileiro.

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Quem seria de fato punido?

Leio que Globais e artistas diversos se reúnem num tal "Temer Jamais", comandado por Paula Lavigne, a mesma que já comandou o grupo de artistas que defendia a censura no Brasil.

Pensemos.

Temer é velho, muito rico, e só possui mais 1,5 ano de carreira política. Depois disso acaba.

Portanto, quem de fato seria punido com uma eventual cassação de Temer neste momento?

O próprio, que já está no fim da linha, e continuaria rico?

Ou o Brasil e os brasileiros que trabalham, e dependem da recuperação da economia para tentar sobreviver?

Não sei quanto aos leitores, se houver algum, mas eu tenho contas para pagar. Muitas. E considero como inimigo pessoal quem quer o Fora Temer nesta altura. Considero um inimigo que ameaça a minha sobrevivência. Minha, dos meus clientes e dos meus funcionários.

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Veja, a nojenta

Fui assinante por 16 anos.
Ou seja, por 16 anos paguei para ler a revista. Fora os muitos exemplares que comprei avulsos.
Mas já parei há alguns anos.
Agora a Editora Abril me manda de graça. Todo o domingo a Nojenta chega lá em casa.
E vai direto para o cesto do lixo reciclável.

A esquerda já sentiu o cheiro de sangue

A esquerda, creio, está próxima da vitória definitiva. E a consequência disto será o fim da civilização ocidental, pelo menos como a conhecemos.

A esquerda já sentiu o cheiro de sangue. E está assanhada.

No Brasil a esquerda toma as ruas, quebra, picha as paredes com foices e martelos (não eram eles mesmos que diziam que quem falava em comunismo não tinha visto a queda do muro de Berlim?). Truculentos, agridem física e verbalmente, sem travas. Ameaçam todos que não se enquadram. A democracia não tem coragem de utilizar contra eles os dispositivos de que dispõe. Temer é um presidente acuado, sem poder de fato. O congresso é ignorante e acovardado. E a máquina de moer carne da esquerda vai avançando sobre tudo.

Nos EUA, Trump ganhou mas não levou. Na democracia de faz de conta ele foi eleito, mas a máquina (esquerda, bilionários, intelectuais, mídia, judiciário e congressistas) o impede de efetivamente governar. Ou seja, na América do século XXI a democracia só vale quando um esquerdista vence.

Na Europa, continente que caminha a passos largos para a extinção, as portas foram abertas para a imigração islâmica. Detalhe, depois de islamizar a Europa, os vencedores cortarão as cabeças dos esquerdistas. Como fizeram após a vitória da revolução no Irã.

domingo, 28 de maio de 2017

O PT mudou a vida do Joesley

Li na nojenta (Veja) reportagem sobre a vida do Joesley em Nova York.

Joesley e família viajaram para NY no seu jato particular de R$200 milhões. Lá chegando, se hospedaram na sua cobertura de US$20 milhões, com vista para o Central Park. Quem ocupa a outra cobertura do prédio são as herdeiras da GUCCI. E o edifício foi construído pelo Onassis.

Não satisfeitos porquê a imprensa estava na porta do prédio, se mudaram para um hotel onde a diária custa US$16 mil.

O goiano Joesley se tornou um magnata do jetset internacional, comparável a um astro de Hollywood ou um príncipe saudita.

Tudo isso com uma ajuda camaradíssima do governo popular do PT, cujos comandantes devem ter recebido a justa recompensa.

Enquanto isso, uma legião de imbecis miseráveis defende Lula nas ruas, como pai dos pobres. Em troca de mortadela. Se Lula foi pai de alguém, foi do Joesley.

sábado, 27 de maio de 2017

Revista Veja, a nojenta, é a nova Carta Capital

Já leu a Carta ao Leitor da edição desta semana?

Está na internet.

Leia lá e tire suas conclusões.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Do Olavo de Carvalho, sobre organizações de mídia

De uma vez por todas: Não é para duvidar de uma notícia ou outra, é para entender de uma vez para sempre que essas organizações não têm NADA a ver com notícias e jornalismo, são apenas escritórios de engenharia social, desinformação e agitprop.

Agora vai!

Li no Josias de Souza que um grupo de 20 senadores se reuniu na casa de katia Abreu e concluiu pela inevitabilidade do afastamento de Temer.

Entendo, segundo Joesley e a Globo Temer é corrupto. E é preciso passar o Brasil a limpo.

Segundo este mesmo grupo, a articulação do substituto de Temer deverá envolver FHC, Lula e Sarney.

Agora vai!. Fora Temer! Fora corruptos! Que venham os puros Lula e Sarney. É preciso passar o Brasil a limpo!

Algum leitor, se houver, me diga - eu estou louco? Ou as outras pessoas todas que enlouqueceram?





Reinaldo Azevedo - vítima da ditadura

Fiquei sem computador na tarde e noite de ontem, então só agora posso comentar o ocorrido.

O estado policial brasileiro, travestido de procuradoria geral da república, desfechou um ataque contra Reinaldo Azevedo. Não foram os procuradores nas suas horas vagas. Foi o estado policial brasileiro, pago com nossos impostos.

Alguém acha que se Reinaldo Azevedo fosse um puxa saco da Lava Jato seus diálogos seriam revelados? Óbvio que não. Reinaldo foi atacado porquê é crítico da operação e da postura dos procuradores. Reinaldo Azevedo mostra os procuradores pelo que efetivamente são.

Mas o ataque da PGR só surtiria resultado com a participação da Veja. E a administração da revista entrou no seu papel e aceitou o pedido de demissão de Reinaldo. Aliás, vi na internet várias manifestações de repúdio pelo que aconteceu - da Falha de São Paulo, da Rede TV, de sindicatos, de jornalistas e até de petistas. Posso não ter procurado direito, mas não vi nada no site da Veja.

Em seu diálogo Reinaldo diz que uma reportagem da Veja é nojenta. Pois bem, é o mesmo que eu sinto. Voltei a receber gratuitamente a Veja há três semanas. E nojo é a sensação que sinto quando me entregam a revista e eu tenho que pegar naquela podridão.

Reinaldo estará muito melhor longe daquele antro.

Mas o pior foi ver muitos comentários pela internet. Muita gente, alguns que eu até respeito, querendo tergiversar sobre o ocorrido: "ah, mas o Reinaldo tem falado muita bobagem", "ah, mas o Reinaldo isso, o Reinaldo aquilo". Idiotas. Não é o Reinaldo que está em julgamento. É o ataque à liberdade de imprensa. E quem acha que o Reinaldo tem que ser perseguido por suas opiniões não passa de um petista.

Um desses idiotas eu até apoiava via Patreon. Já cancelei o patrocínio hoje cedo. Se o sujeito não sabe perceber quando a liberdade está sob ataque, não passa de um imbecil.

Como Reinaldo bem disse na sua última participação no programa Sem Edição, o Brasil está prontinho para virar uma ditadura. Como, tudo indica, poderosos e povão farão de Lula o eleito em 2018, já podemos prever que tipo de ditadura teremos.

É isso, o Brasil virou um estado policial para, no fim, ter de volta ao comando o grande chefão.

terça-feira, 23 de maio de 2017

Querem realmente combater a corrupção?

Vamos assumir que a PGR é pura e angelical, e só possui mesmo o interesse de combater a corrupção.

Quem vai gerar mais corrupção?

- O acusado, que já declarou que sua vida pública se encerrará no dia 31/12/2018?

- Ou o meta corruptor, que seguirá corrompendo enquanto viver?

Pois bem, a PGR preferiu enquadrar o primeiro, e deixar o segundo livre, leve, solto e rico.

Copa do mundo? Culpa do Temer

Lula, CBF & FIFA realizaram as manobras necessárias para ter a copa de 2014 no Brasil. Qualquer pessoa com bom senso sabia que esta irresponsabilidade custaria o sangue dos contribuintes, e que garantiria a aposentadoria de muitos corruptos.

Sob os governos petistas de Lula e Dilma foram construídos os estádios superfaturados. Dilma explorou  politicamente o quando pôde a "nossa copa".

Hoje a polícia declarou mais uma operação (alguém ainda aguenta tanta operação?), desta vez para prender pessoas relacionadas ao superfaturamento do estádio de Brasília. Mas o principal destaque das manchetes é que um assessor do Temer foi preso.

Bem, parece que foi preso não por ser assessor do Temer, mas por ser vice governador do DF na época dos desvios.

Mas quem na imprensa está preocupado com isso? A ordem é derrubar Temer.

Brasileiros pagaram com seu sangue o superfaturamento dos estádios da copa. E agora pagarão com seu sangue a conta da crise econômica causada pela onda "Fora Temer!" da imprensa.